Congratulations!

[Valid Atom 1.0] This is a valid Atom 1.0 feed.

Recommendations

This feed is valid, but interoperability with the widest range of feed readers could be improved by implementing the following recommendations.

Source: http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/posts/default

  1. <?xml version='1.0' encoding='UTF-8'?><?xml-stylesheet href="http://www.blogger.com/styles/atom.css" type="text/css"?><feed xmlns='http://www.w3.org/2005/Atom' xmlns:openSearch='http://a9.com/-/spec/opensearchrss/1.0/' xmlns:blogger='http://schemas.google.com/blogger/2008' xmlns:georss='http://www.georss.org/georss' xmlns:gd="http://schemas.google.com/g/2005" xmlns:thr='http://purl.org/syndication/thread/1.0'><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261</id><updated>2018-11-17T04:57:15.635-08:00</updated><title type='text'>Criativa</title><subtitle type='html'></subtitle><link rel='http://schemas.google.com/g/2005#feed' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/posts/default'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/'/><link rel='hub' href='http://pubsubhubbub.appspot.com/'/><link rel='next' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default?start-index=26&amp;max-results=25'/><author><name>Eduardo Soares</name><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><generator version='7.00' uri='http://www.blogger.com'>Blogger</generator><openSearch:totalResults>283</openSearch:totalResults><openSearch:startIndex>1</openSearch:startIndex><openSearch:itemsPerPage>25</openSearch:itemsPerPage><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-6400519226193639375</id><published>2018-07-23T11:20:00.001-07:00</published><updated>2018-07-23T11:20:11.154-07:00</updated><title type='text'>Especialistas da ONU elogiam decisão de corte regional sobre caso Vladimir Herzog.</title><content type='html'>&lt;div align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/vp/ac1fe2bce345a0b31354927799934632/5BDA8DC8/t51.2885-15/e35/s1080x1080/37055527_206132260243963_2216392717477347328_n.jpg&quot;          alt=&quot;&quot; height=&quot;750&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;&lt;/div&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;font size=&quot;-2&quot; color=&quot;#3333ff&quot;&gt;&lt;i&gt;O jornalista            Vladimir Herzog. Foto: EBC&lt;/i&gt;&lt;/font&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Especialistas em direitos humanos das Nações Unidas publicaram        nesta segunda-feira (23) um comunicado no qual elogiam a decisão        da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) de pedir a        reabertura das investigações e procedimentos criminais para        processar e punir os responsáveis pela tortura e assassinato do        jornalista Vladimir Herzog durante a ditadura militar no país.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Os especialistas ressaltaram a relevância dessa decisão em um país        onde as violações de direitos humanos cometidas durante a ditadura        permanecem sem punição. &quot;A falta de responsabilização por esses        crimes contribui para criar uma impressão coletiva de que os        funcionários da segurança pública estão acima da lei, fragilizando        a confiança da sociedade nas instituições públicas e no Estado de        Direito&quot;, declararam.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A Corte também decidiu que as violações cometidas contra Herzog        constituem crime contra humanidade e que o Estado não pode invocar        a aplicação da Lei de Anistia, a existência de estatutos de        limitação ou outras provisões análogas &quot;para se subtrair ao dever        de investigar e punir os responsáveis&quot;.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;Quarenta e três anos após os trágicos eventos, a decisão da corte        regional de direitos humanos provê um primeiro passo em direção à        restauração dos direitos fundamentais à justiça e à reparação        integral à família da vítima&quot;, destacaram os relatores.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Os especialistas independentes pediram que as autoridades        judiciais brasileiras realizem &quot;investigações efetivas e        independentes, bem como procedimentos criminais, em referência ao        caso Herzog, em plena conformidade com as normas internacionais        relevantes&quot;. Eles também recordaram a necessidade de garantir a        proteção de testemunhas e a participação efetiva da família da        vítima no processo judicial.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Os especialistas ressaltaram a relevância dessa decisão em um país        onde as violações de direitos humanos cometidas durante a ditadura        permanecem sem punição. &quot;A falta de responsabilização por esses        crimes contribui para criar uma impressão coletiva de que os        funcionários da segurança pública estão acima da lei, fragilizando        a confiança da sociedade nas instituições públicas e no Estado de        Direito&quot;, acrescentaram.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O comunicado é assinado por Fabian Salvioli, relator especial        sobre a promoção da verdade, justiça, reparação e garantias de não        repetição; Nils Melzer, relator especial sobre tortura e outros        tratamentos ou penas cruéis, desumanas ou degradantes; Agnes        Callamard, relatora especial sobre execuções extrajudiciais,        sumárias ou arbitrárias; e David Kaye, relator especial sobre a        promoção e proteção do direito à liberdade de opinião e de        expressão.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Leia a seguir a nota completa:&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Em sentença publicada em 4 de julho de 2018, a Corte        Interamericana de Direitos Humanos urgiu o Brasil a reabrir, com a        devida diligência, as investigações e procedimentos criminais para        identificar, processar e punir os responsáveis pela tortura e        assassinato do jornalista Vladimir Herzog durante a ditadura        militar no país.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O jornalista Vladimir Herzog foi detido, torturado e assassinado        por agentes do Estado em 25 de outubro de 1975, no que a Corte        caracterizou como um contexto de ataques sistemáticos e        generalizados aos opositores da ditadura, particularmente a        jornalistas e a integrantes do Partido Comunista. No mesmo dia, o        exército reportou que Vladimir Herzog havia cometido suicídio        enquanto estivera detido. Em 1975, a Justiça Militar investigou o        caso e reiterou a versão do suicídio.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Investigações foram iniciadas por autoridades judiciais em 1992 e        2007, mas foram subsequentemente encerradas, devido à vigência da        assim chamada &quot;Lei de Anistia&quot; do Brasil (Lei n. 6.683/79),        editada pela ditadura militar em 1979. Em 2009, a família do Sr.        Herzog apresentou o caso à Comissão Interamericana de Direitos        Humanos, o qual foi recebido pela Corte em 2012.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A Corte decidiu que o Brasil violou os direitos à garantia        judicial e à proteção judicial da família do Sr. Herzog, bem como        o seu direito a conhecer a verdade e à integridade pessoal. A        Corte urgiu o Estado a reabrir as investigações e procedimentos        criminais, a fornecer compensação à família e a reconhecer a sua        responsabilidade em um ato público.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A Corte também decidiu que as violações cometidas contra Vladimir        Herzog constituem crime contra humanidade e que o Estado não pode        invocar a aplicação da lei de anistia, a existência de estatutos        de limitação ou outras provisões análogas para se subtrair ao        dever de investigar e punir os responsáveis.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A Corte concluiu que, ao dar vigência a exclusões de        responsabilidade proibidas pelo direito internacional, o Brasil        descumpriu a obrigação de adaptar sua legislação doméstica às        normas internacionais de direitos humanos. Nesse sentido, a Corte        urgiu o Brasil a adotar medidas para estabelecer a        imprescritibilidade de crimes contra a humanidade e crimes        internacionais.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O relator especial sobre a promoção da verdade, justiça, reparação        e garantias de não repetição, Fabian Salvioli; o relator especial        sobre tortura e outros tratamentos ou penas cruéis, desumanas ou        degradantes, Nils Melzer; a relatora especial sobre execuções        extrajudiciais, sumárias ou arbitrárias, Agnes Callamard; e o        relator especial sobre a promoção e proteção do direito à        liberdade de opinião e de expressão, David Kaye; acolheram a        sentença da Corte, que está ancorada nos princípios internacionais        de direitos humanos, incluindo a não aplicabilidade de limitações        estatutárias a crimes contra a humanidade e graves violações do        direito internacional humanitário.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;Quarenta e três anos após os trágicos eventos, a decisão da corte        regional de direitos humanos provê um primeiro passo em direção à        restauração dos direitos fundamentais à justiça e à reparação        integral à família da vítima&quot;, destacaram.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Os especialistas independentes urgiram as autoridades judiciais        brasileiras a &quot;realizar, sem mais delongas, investigações efetivas        e independentes, bem como procedimentos criminais, em referência        ao caso do Sr. Herzog, em plena conformidade com as normas        internacionais relevantes&quot;. Eles também recordaram a necessidade        de garantir a proteção de testemunhas e a participação efetiva da        família da vítima no processo judicial.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Os especialistas ressaltaram a relevância dessa decisão em um país        onde as violações de direitos humanos cometidas durante a ditadura        permanecem sem punição. &quot;A falta de responsabilização por esses        crimes contribui para criar uma impressão coletiva de que os        funcionários da segurança pública estão acima da lei, fragilizando        a confiança da sociedade nas instituições públicas e no Estado de        Direito&quot;, acrescentaram.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;A impunidade das violações passadas também falha ao não impedir        novos atos de tortura ou execuções extrajudiciais pelas mãos de        agentes públicos.&quot;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Em seguida à notificação da sentença, oficiais de alto nível do        Estado brasileiro expressaram sua solidariedade à família de        Vladimir Herzog e reconheceram a legitimidade da decisão da Corte,        destacando que ela fornece uma oportunidade para reforçar a        política nacional de combate à tortura e para investigar,        processar e punir esses atos.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Os especialistas da ONU acolheram a reação positiva do governo e        encorajam as autoridades concernentes a reunir esforços imediatos        e coordenados para cumprir a sentença da Corte em sua        integralidade.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Clique aqui para acessar a nota completa (em inglês e português).&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;br&gt;        &lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;ACNUDH&lt;br&gt;          &lt;br&gt;          Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos&lt;br&gt;          &lt;br&gt;          Responsável María Jeannette Moya&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/6400519226193639375/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/07/especialistas-da-onu-elogiam-decisao-de.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/6400519226193639375'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/6400519226193639375'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/07/especialistas-da-onu-elogiam-decisao-de.html' title='Especialistas da ONU elogiam decisão de corte regional sobre caso Vladimir Herzog.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-7905749994063548583</id><published>2018-04-13T12:48:00.001-07:00</published><updated>2018-04-13T12:48:06.758-07:00</updated><title type='text'>Edital Videocamp de Filmes 2018</title><content type='html'>&lt;p&gt;&lt;iframe src=&quot;https://player.vimeo.com/video/260985125&quot;          webkitallowfullscreen=&quot;&quot; mozallowfullscreen=&quot;&quot;          allowfullscreen=&quot;&quot; frameborder=&quot;0&quot; height=&quot;367&quot; width=&quot;99%&quot;&gt;&lt;/iframe&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;div align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;&lt;i&gt;&lt;font size=&quot;-2&quot;&gt;Edital              Videocamp de Filmes 2018 from VIDEOCAMP on Vimeo.&lt;/font&gt;&lt;/i&gt;&lt;/font&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O VIDEOCAMP ACREDITA NO PODER DO CINEMA PARA TRANSFORMAR        REALIDADES. Sabemos que o audiovisual é uma das artes mais        poderosas para inspirar e provocar reflexões. Por isso, escolhemos        o fomento à produção audiovisual como uma de nossas apostas        estratégicas.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O 2º Edital VIDEOCAMP de Filmes já nasce como um dos maiores do        mundo. O projeto selecionado receberá o patrocínio de até US$ 400        mil (quatrocentos mil dólares) para a produção de um único filme.        Dessa vez, o tema é Educação Inclusiva. Acesse:        videocamp.com/edital2018&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Uma equipe grande e diversa foi responsável pela produção deste        filme:&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Produtora - TILT REC - Screen Content&lt;br&gt;        Direção - Beto Macedo&lt;br&gt;        Co-direção - Tiago Berbare&lt;br&gt;        Montagem - Tiago Berbare&lt;br&gt;        Direção de fotografia - Bruno Tiezzi &lt;br&gt;        Direção de produção - Gabriel Braga (PorqueEu Filmes)&lt;br&gt;        Produção - Bruna Ciccarello (PorqueEu Filmes)&lt;br&gt;        Assistente de produção: Marcos Vitoriano (PorqueEu Filmes) &lt;br&gt;        1º assistente de câmera -Peterson Augusto Lomovtov&lt;br&gt;        2º assistente de câmera - Paulo Vinicius Rodrigues da Silva &lt;br&gt;        Direção de arte - Ciça Pinheiro&lt;br&gt;        Assistente de arte - Juliana Carletti&lt;br&gt;        Trilha original - Marcos Gerez&lt;br&gt;        Mixagem de áudio - Daniel Bozi&lt;br&gt;        Colorização - Marco Oliveira&lt;br&gt;        Rotoscopia - Juan Camejo (La Clandestina)&lt;br&gt;        Figurino - Ciça Pinheiro&lt;br&gt;        Finalização - TILT REC - Screen Content&lt;br&gt;        Elenco - Juliana Luna, Fabiano Gold e Graciete Soares&lt;br&gt;        Maquiagem - Vanessa Pina &lt;br&gt;        Chefe de elétrica - Rodrigo Barnete &lt;br&gt;        1º assistente de elétrica - Luiz Claudio Damasceno &lt;br&gt;        1º assistente de elétrica - Raimundo Macedo &lt;br&gt;        2º Assistente de elétrica - Gabriel dos Santos Ferreira &lt;br&gt;        Maquinista - Wilson da Silva Santos &lt;br&gt;        Transporte - Leandro Pacheco e Daniel Fiori &lt;br&gt;        Catering - Rosa Mileo&lt;br&gt;        Roteiro: Justificando, Marcus Couto, Josi Campos e Julia        Zylbersztajn&lt;br&gt;        Tradução Roteiro Inglês: Peter Smith, Daniela Perle e Juliana Luna&lt;br&gt;        Coordenação: Josi Campos&lt;br&gt;        Aprovação: Carolina Pasquali, Josi Campos e Daniela Perle&lt;br&gt;      &lt;/div&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;&lt;i&gt;Edital Videocamp de Filmes 2018 from          VIDEOCAMP on Vimeo.&lt;/i&gt;&lt;/font&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/7905749994063548583/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/04/edital-videocamp-de-filmes-2018.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/7905749994063548583'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/7905749994063548583'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/04/edital-videocamp-de-filmes-2018.html' title='Edital Videocamp de Filmes 2018'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-1784786335449681747</id><published>2018-04-13T12:29:00.001-07:00</published><updated>2018-04-13T12:29:54.628-07:00</updated><title type='text'> Balanço do primeiro ano do Plano de Metas de São Paulo 2017-2020</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://scontent-gru2-1.cdninstagram.com/vp/2b93ee6a096ba8e563a8d968a2ceeb54/5B698557/t51.2885-15/s1080x1080/e35/30078319_1658804557507110_7030580323582738432_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;906&quot; width=&quot;99%&quot;&gt;      &lt;p&gt;A Rede Nossa São Paulo e outras organizações da sociedade civil        estão realizando um balanço do primeiro ano do Plano de Metas de        São Paulo 2017-2020. O levantamento será apresentado no dia 17/4,        às 19h, na Câmara Municipal de São Paulo (Auditório Prestes Maia).        Na ocasião também será lançada uma ferramenta de monitoramento do        Plano.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Quem fará a avaliação?&lt;br&gt;            Rede Nossa São Paulo&lt;br&gt;            Idec - Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor&lt;br&gt;            IAB SP - Instituto de Arquitetos do Brasil - São Paulo&lt;br&gt;            Cidade dos Sonhos&lt;br&gt;            Instituto Pólis&lt;br&gt;            UNICEF Brasil&lt;br&gt;            Secretaria Municipal de Gestão&lt;br&gt;            Fundação Tide Setubal&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Conhecer a nossa cidade, os projetos e o planejamento faz parte de        uma construção coletiva. &lt;br&gt;        Participe e compartilhe este evento #MetasDeSP&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        17/4 || 19h&lt;br&gt;        AUDITÓRIO PRESTES MAIA&lt;br&gt;        CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO&lt;br&gt;        (VIADUTO JACAREÍ, 100)&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;Por: Rede Nossa São Paulo via          @digitalradiotv&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt; &lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/1784786335449681747/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/04/balanco-do-primeiro-ano-do-plano-de.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/1784786335449681747'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/1784786335449681747'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/04/balanco-do-primeiro-ano-do-plano-de.html' title=' Balanço do primeiro ano do Plano de Metas de São Paulo 2017-2020'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-5988196974849132126</id><published>2018-01-22T12:22:00.001-08:00</published><updated>2018-01-22T12:22:24.645-08:00</updated><title type='text'>Secretaria Municipal de Saúde autorizou a abertura de unidades básicas de saúde (UBSs) no feriado de aniversário de São Paulo, 25 de janeiro.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/vp/052fc162d5c6ad8b72dacdc546d198b2/5B00B943/t51.2885-15/e35/26308594_358011698000412_3209414067122864128_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;700&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;Após anunciar que a vacinação fracionada contra a febre amarela        seria aplicada somente a partir do dia 26 de janeiro por causa do        feriado de aniversário da cidade de São Paulo, a Prefeitura        decidiu antecipar o início da vacinação para a próxima        quinta-feira (25) para conter o desespero da população.&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;        A lista compreende unidades de 16 bairros nas Zonas Sul e Leste da        capital paulista e foi publicada no Diário Oficial da cidade no        sábado (20).&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        As unidades básicas irão ficar abertas nos dias 25 e 26 de janeiro        de 2018, para imunizar a população contra febre amarela.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;font size=&quot;+2&quot;&gt;&lt;b&gt;Unidades na Zona Leste que estarão abertas:&lt;/b&gt;&lt;/font&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;- Cidade Tiradentes UBS Barro Branco&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Cidade Tiradentes UBS Carlos Gentile de Melo&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Tiradentes UBS Castro Alves&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Tiradentes UBS Cidade Tiradentes I&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Tiradentes UBS Dom Angélico&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Tiradentes UBS Fazenda do Carmo&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Tiradentes UBS Ferroviários&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Tiradentes UBS Gráficos&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Cidade Tiradentes UBS Inácio Monteiro&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Tiradentes UBS Jardim Vitória&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Cidade Tiradentes UBS Prefeito Prestes Maia&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Tiradentes UBS Profeta Jeremias&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Guainases UBS Celso Daniel&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Guainases UBS Guaianases II&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Guainases UBS Jd. São Carlos&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Guainases UBS Jd. Soares&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Guainases UBS Juscelino&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Guainases UBS Vila Cosmopolita&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Parque do Carmo UBS Gleba do Pêssego&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Parque do Carmo UBS Jardim Copa&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Parque do Carmo UBS Jardim Helian&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Parque do Carmo UBS Nossa Senhora do Carmo&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Parque do Carmo UBS Santo Estevão&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Líder UBS Jardim Santa Maria&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Líder UBS Jardim Santa Terezinha&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Líder AMA/UBS Integrada Cidade Líder I&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Cidade Líder UBS Jardim Marília&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Líder AMA/UBS Integrada Jardim Brasília&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Cidade Líder AMA/UBS Integrga Vila Itapema&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - José Bonifácio UBS Jardim São Pedro&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - José Bonifácio UBS José Bonifácio I&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - José Bonifácio UBS José Bonifácio II&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -José Bonifácio AMA/UBS Integrada José Bonifácio III&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Iguatemi Pq. Boa Esperança&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Iguatemi Jd. Das Laranjeiras&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Iguatemi Jd Roseli&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Iguatemi RecantoVerde Sol&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Iguatemi Jd Conquista II&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Iguatemi Jd Conquista III&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Iguatemi CDHU/Palanque&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - São Rafael UBS&#39;s Jd Colorado,&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -São Rafael Pq. São Rafael&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -São Rafael Jd. Carrãozinho&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - São Rafael Jd Rio Claro&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - São Rafael Jd Santo André&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -São Rafael Jd São Francisco II&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -São Rafael Jd Conquista I&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -São Mateus Jd Tiete I&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - São Mateus São Mateus I&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - São Mateus IV Centenário&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - São Mateus Santa Bárbara&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - São Mateus Jd Colonial&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -São Mateus Jd Paraguaçu&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - São Mateus Jd Tiete II&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -São Mateus Jd Nove de Julho&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;font size=&quot;+2&quot;&gt;&lt;b&gt;Veja as unidades que estarão abertas na Zona            Sul de São Paulo:&lt;/b&gt;&lt;/font&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;-Capão Redondo AMA/UBS Integrada Pq Fernanda&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Jd Maracá&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Jd Comercial&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Jd Germânia&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Jd Macedônia&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Jd Magdalena&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Jd São Bento&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Luar do Sertão&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Pq Engenho II&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Valquiria&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Jd Lídia&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Capão Redondo UBS Jd Eledy&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Vila Andrade UBS Dr Vittório Rolando Bocaletti - V Praia&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Vila Andrade UBS Paraísopolis I&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Vila Andrade UBS Paraísopolis II&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Vila Andrade UBS Paraísopolis III&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Campo Limpo AMA/UBS Integrada Prel Prof. Antonio B. de Oliveira&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Campo Limpo UBS Pq Regina&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Campo Limpo UBS Alto do Umuarama&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Campo Limpo UBS Campo Limpo&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Campo Limpo UBS Campo Limpo - Dr. Francisco S. Sobrinho        (Arrastão)&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Campo Limpo UBS Jd das Palmas&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Campo Limpo UBS Jd Helga&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Campo Limpo UBS Jd Mitsutani&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Campo Limpo UBS Jd Olinda&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Campo Limpo UBS Pq Arariba CEO II&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim AMA/UBS Integrada Jd Capela&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim AMA/UBS Integrada Pq Novo Santo Amaro&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Alto da Rivieira&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Chacara Santa Maria&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Cidade Ipava&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Horizonte Azul&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Integral Vera Cruz (Data Inaug 24/08/2013)&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Jd Aracati&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Jd Caiçara&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Jd Coimbra&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Jd Guarujá&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Jd Herculano&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Jd Nakamura&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Jd Paranapanema&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Pq do Lago&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Santa Lúcia&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Santa Margarida&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS V Calu&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim AMA/UBS Integrada Jd Alfredo&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim AMA/UBS Integrada Pq Figueira Grande&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim AMA/UBS Integrada Pq Santo Antonio CEO I&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Brasilia&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Chacara Santana&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Jd Celeste&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Jd Sousa&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Jd Thomas&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Novo Caminho&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS Novo Jardim I&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - M&#39;Boi Mirim UBS V das Belezas - Alberto Ambrosio&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -M&#39;Boi Mirim UBS Zumbi dos Palmares&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Pedreira AMA/UBS Integrada Pq Doroteia&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Pedreira UBS Jd Apurá&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Pedreira UBS Laranjeiras&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Pedreira UBS Mar Paulista&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        - Pedreira UBS Mata Virgem&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Pedreira UBS Vila Aparecida&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Pedreira UBS Guacuri&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Pedreira UBS Jd Selma&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú AMA/UBS Integrada Jd Castro Alves&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú AMA/UBS Integrada Jd Mirna&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS Alcina Pimentel Piza&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS Cantinho do Céu&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS Chacara do Conde&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS Chacara do Sol&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS Chacara Sto Amaro&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS Gaivotas&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS J Novo Horizonte&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS Jd Eliane&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS Jd Três Corações&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS Varginha&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS Vila Natal&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Grajaú UBS/ESF Pq Res Cocaia Independente&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Cidade Dutra AMA/UBS Integrada Jd Icarai- Quintana&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Cidade Dutra UBS Dr Sergio Chaddad&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Cidade Dutra UBS Jd República&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Cidade Dutra UBS Jordanópolis&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Socorro UBS Veleiros&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        -Socorro UBS Orion / Guaembu&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;font size=&quot;+1&quot;&gt;&lt;b&gt;&lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;@digitalradiotv&lt;/font&gt;&lt;/b&gt;&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/5988196974849132126/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/secretaria-municipal-de-saude-autorizou.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/5988196974849132126'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/5988196974849132126'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/secretaria-municipal-de-saude-autorizou.html' title='Secretaria Municipal de Saúde autorizou a abertura de unidades básicas de saúde (UBSs) no feriado de aniversário de São Paulo, 25 de janeiro.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-8812278082254849168</id><published>2018-01-11T09:14:00.001-08:00</published><updated>2018-01-11T09:14:35.094-08:00</updated><title type='text'>Série: Brincadiquê? Pelo direito ao brincar</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e35/26183936_145578136229005_6917904545221705728_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;809&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;        A série &quot;Brincadiquê? Pelo Direito ao Brincar&quot; revela a        importância do brincar para o desenvolvimento integral das        infâncias e a necessidade dessa experiência lúdica para uma        educação de qualidade. &lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;A partir de entrevistas com pesquisadores (as), educadores (as) e        gestores (as) educacionais, ilustradas pelos registros de práticas        pedagógicas desenvolvidas em instituições de educação infantil e        primeiro ano do ensino fundamental, a série traz reflexões acerca        do Direito ao Brincar e de possibilidades para a oferta de uma        educação de qualidade, considerando a ludicidade nos espaços        internos e externos das escolas, a cultura local e o envolvimento        da comunidade educativa. &lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;Realização: Rede Marista de Solidariedade e Centro Marista de        Defesa da Infância Produção: Labirinto Apoio: Rede Marista de        Colégios, Secretarias Municipais de Educação de Araucária (PR),        Caxias do Sul (RS) e Cuiabá (MT).&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;Assista aos vídeos no endereço a seguir:&lt;br&gt;          &lt;a class=&quot;moz-txt-link-freetext&quot; href=&quot;https://youtu.be/ra6HKhzHPQU&quot;&gt;https://youtu.be/ra6HKhzHPQU&lt;/a&gt;&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/8812278082254849168/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/serie-brincadique-pelo-direito-ao.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/8812278082254849168'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/8812278082254849168'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/serie-brincadique-pelo-direito-ao.html' title='Série: Brincadiquê? Pelo direito ao brincar'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-6936776443661557625</id><published>2018-01-11T08:48:00.001-08:00</published><updated>2018-01-11T08:48:27.209-08:00</updated><title type='text'>Educadora fala sobre a importância em estimular jovens pobres a almejar vôos altos</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e35/26180211_540339809666673_6395067829703409664_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;627&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;Opinião: a pobreza não pode nos tirar o direito        de sonhar&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;         &quot;A vida é assim: feita de sonhos. E é isso que nos mantém vivos.&quot;        (Racionais MC&#39;s)&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Iniciei a minha carreira docente em 2008. Desde então, trabalho em        bairros de alta vulnerabilidade social da região metropolitana de        Belo Horizonte. Nesse período, meus olhos viram muita coisa. Vi a        pobreza, a violência e o analfabetismo, resultado de um país que        nas palavras do professor Gaudêncio Frigotto &quot;se ergueu pela        desigualdade e se alimenta dela&quot;. Vi também os avanços        significativos provocados pelas políticas públicas de inclusão        social implementadas durante os governos do ex-presidente Lula e        de Dilma Rousseff. Hoje, pouco mais de um ano após a ex-presidenta        ser destituída do cargo, tenho a sensação de estar vivendo um        verdadeiro pesadelo. Vejo muitos retrocessos, inclusive a volta da        fome nos lares dos meus alunos.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Em meio a tantos golpes, posso dizer que 2018 foi um ano positivo        no que diz respeito a novos aprendizados e novas experiências. Por        diversas vezes tive a oportunidade de re-ver a minha condição de        educadora. É impressionante a nossa resistência em questionar as        práticas, condutas e metodologias de ensino adotadas        cotidianamente. Re-aprendi a importância do reconhecimento e da        escuta, &quot;exercício que garante que nenhum aluno permaneça        invisível em sala de aula.&quot; Assevero que as chances de obter êxito        no processo educativo são muito maiores quando as vivências e as        experiências dos alunos são respeitadas e levadas em consideração.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        No início do ano, Marcelo, aluno do 7º ano, me surpreendeu com a        seguinte pergunta:&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        – Professora, pra que preciso aprender Ciências se eu vou        trabalhar em obra?&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A convicção de um garoto de doze anos em relação ao futuro tirou        da minha boca qualquer explicação. Passei horas pensando em que        momento ele se deu conta de que seu destino é ser um operário da        construção civil. Ressalto que não há demérito em ser ajudante de        pedreiro ou coisa parecida. É uma profissão digna que merece        respeito como qualquer outra. O meu questionamento se deve ao fato        de que &quot;trabalhar em obra&quot; é uma função de baixa remuneração e que        exige pouca escolaridade. Sem saber, o Marcelo me ensinou que além        de promover uma educação antirracista e feminista, eu precisava        ensiná-lo a sonhar.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        No dia seguinte, levei para a sala de aula a história do Fábio        Constantino, que em 2016, após muita dedicação, foi aprovado em        primeiro lugar no vestibular para o curso de medicina da UFRN. A        escolha por tomar o jovem potiguar como exemplo não se deu de        maneira aleatória ou casual. Nascido em Assu, cidade do interior        do Rio Grande do Norte, assim como a maioria dos meus alunos,        Fábio é negro e filho de uma empregada doméstica.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Em momento algum o objetivo da atividade foi fazer uma verdadeira        ode à meritocracia. Falácias amplamente difundidas pelo senso        comum e em programas de auditório como &quot;basta querer para vencer        na vida&quot;, não têm vez nas minhas aulas. Após a leitura da matéria        sobre o Fábio, lembrei que infelizmente ainda há poucos Fábios        Costantinos em nosso país. Mencionei que tal fato não se deve        apenas a falta de &quot;esforço próprio&quot;, como muitos equivocadamente        costumam dizer.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Expliquei para o Marcelo e para o restante da turma que eles estão        inseridos em um processo que o sociólogo português Boaventura de        Sousa Santos convencionou chamar de &quot;fascismo social&quot;. Dentro        dessa lógica, é criada toda uma cartografia urbana, juntamente com        outros mecanismos de exclusão social e econômica que impedem        crianças e jovens pobres até mesmo de almejar vôos mais altos, o        que evidencia a perversidade dos que detém o poder no Brasil.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O fascismo social está na distância entre a periferia e as        universidades públicas. Está no alto preço e na precariedade do        transporte urbano que limita a circulação dos sujeitos periféricos        por outros espaços. Está nos estereótipos construídos em relação        aos negros, pobres e favelados, que são vistos como verdadeiros        intrusos nas áreas centrais e nobres das cidades. Está nas falhas        do ensino público, que serve também como uma grande fábrica de        mão-de-obra barata a serviço do sistema capitalista. É a escola        pública quem fornece para o mercado de trabalho pedreiros,        empregadas domésticas, porteiros, faxineiras, zeladores,        empacotadores e tantas outras profissões de menor prestígio        social.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A partir dessa perspectiva, fica fácil compreender porque o        Marcelo não vê sentido em aprender Ciências ou qualquer outra        disciplina, uma vez que dentro do modelo segregacionista no qual o        Brasil está ancorado, todos os caminhos que ele percorrer o levará        a carregar pilhas de tijolos e massa de concreto, como certamente        seus parentes e amigos fazem.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Todas essas questões renderam um debate longo e acalorado. Insisto        em dizer que os alunos carregam dentro de si muitos conhecimentos,        o que falta na maioria das vezes é estimulá-los. Durante a        discussão, percebi que naquela sala poderia surgir inclusive um        grande sociólogo – &quot;Quem faz medicina são os ricos ou quem estuda        nas escolas particulares. Eles têm muito mais oportunidades do que        nós.&quot; – disse um aluno com muita propriedade.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Conforme esperado, alguns alunos foram contaminados pela ideologia        do mérito pessoal. Criar a falsa ideia de que os pobres vivem em        condições precárias de subsistência porque querem é mais uma arma        de controle social criada pelas elites. Felizmente, a maioria        compreendeu que é a falta de incentivo, de condições materiais e        de políticas públicas que os impedem de criar outras expectativas        em relação ao futuro.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Embora vivenciem uma realidade dura e perversa, tentei mostrar        para os meus alunos que eles não têm que trabalhar apenas em        obras. Insisti em dizer que eles são inteligentes e capazes, sendo        assim, a exemplo do Fábio Constantino, podem galgar uma vida com        mais desejos e possibilidades. Busquei apontar a importância da        escola e dos saberes nela produzidos nesse processo.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Conforme costumo fazer em todas as atividades, ao final, pedi que        cada um relatasse o que aprendeu com a história do Fábio e com o        debate realizado em sala de aula. Enquanto eu estiver nesse mundo,        jamais me esquecerei das palavras do Marcelo:&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        – Eu aprendi que a pobreza não pode tirar da gente o direito de        sonhar.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Meu desejo é que em 2018 todos nós possamos aprender com o        Marcelo. Que a pobreza, a injustiça, a estupidez, a ignorância e        as aves de rapina que deterioram esse país não nos tirem o direito        de sonhar com dias melhores.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;Por Luana Tolentino &lt;/font&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;br&gt;        Luana Tolentino é professora e historiadora. Mestranda em Educação        pela Universidade Federal de Ouro Preto.&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/6936776443661557625/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/educadora-fala-sobre-importancia-em.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/6936776443661557625'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/6936776443661557625'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/educadora-fala-sobre-importancia-em.html' title='Educadora fala sobre a importância em estimular jovens pobres a almejar vôos altos'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-1540313651998175677</id><published>2018-01-06T23:04:00.001-08:00</published><updated>2018-01-06T23:04:20.757-08:00</updated><title type='text'>Pesquisa “Viver em São Paulo” avaliará gestão da Prefeitura e confiança nas instituições</title><content type='html'>&lt;p&gt;&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/s1080x1080/e35/26295956_1488187764631029_2933496984251662336_n.jpg&quot;          alt=&quot;&quot; height=&quot;700&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;&lt;br&gt;        &lt;font size=&quot;-2&quot;&gt;&lt;i&gt;Resultados do novo levantamento, que inclui            temas relacionados à qualidade de vida e participação social,            serão divulgados pela Rede Nossa São Paulo na véspera do            aniversário da cidade. Participe! &lt;/i&gt;&lt;/font&gt;  &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;b&gt;Inaugurando um novo ciclo de pesquisas de percepção dos          paulistanos, a Rede Nossa São Paulo divulgará no dia 24 de          janeiro de 2018 – véspera do aniversário da capital paulista –          os resultados do levantamento &quot;Viver em São Paulo&quot;. &lt;/b&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Nesse primeiro evento do ano, serão apresentadas as avaliações dos        paulistanos sobre a atuação da atual administração municipal e das        prefeituras regionais, bem como da Câmara de Vereadores. O        levantamento apontará também as instituições (Prefeitura, Câmara        Municipal, Ministério Público, Poder Judiciário, Tribunal de        Contas do Município, Polícia Militar e outras) que as pessoas mais        confiam e as que menos confiam.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Realizada pelo Ibope Inteligência, a pesquisa &quot;Viver em São Paulo&quot;        abordará ainda temas relacionados à qualidade de vida,        participação social e atendimento dos serviços públicos nas áreas        da saúde e educação. Questões sobre percepção de segurança e        discriminação de gênero estão incluídas no estudo.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Desde 2008, sempre em data próxima ao aniversário da cidade, a        Rede Nossa São Paulo tem divulgado resultados de pesquisas de        percepção dos paulistanos. Uma das perguntas já tradicionais nos        levantamentos, e que será respondida novamente, é a seguinte:        &quot;Gostaria de saber se, caso pudesse, o(a) sr(a) sairia de São        Paulo para viver em outra cidade, ou não sairia de São Paulo?&quot;.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Ao divulgar os resultados do levantamento &quot;Viver em São Paulo&quot;, a        organização inaugura um novo ciclo de trabalho que prevê a        divulgação mensal de pesquisas temáticas. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Agende-se e participe!&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Assim como ocorre anualmente, a divulgação dos dados da pesquisa        será realizada em evento público aberto à participação de todas as        pessoas e organizações interessadas.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Confirme sua presença.&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;a class=&quot;moz-txt-link-freetext&quot; href=&quot;https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeyNVxLnbx71qxMqrJwPCLaEdXi2ts4TnSScwzaAbpY3CNYTg/viewform&quot;&gt;https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeyNVxLnbx71qxMqrJwPCLaEdXi2ts4TnSScwzaAbpY3CNYTg/viewform&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Serviço:&lt;br&gt;        Lançamento da pesquisa &quot;Viver em São Paulo&quot;&lt;br&gt;        Data: 24 de janeiro de 2018&lt;br&gt;        Horário: das 9h30 às 12h30&lt;br&gt;        Local: Sesc 24 de Maio &lt;br&gt;        Endereço: Rua 24 de Maio, 109 – centro de São Paulo, próximo à        Estação República do Metrô&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;i&gt;&lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;Por Airton Goes, da Rede Nossa São Paulo&lt;/font&gt;&lt;/i&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/1540313651998175677/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/pesquisa-viver-em-sao-paulo-avaliara.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/1540313651998175677'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/1540313651998175677'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/pesquisa-viver-em-sao-paulo-avaliara.html' title='Pesquisa “Viver em São Paulo” avaliará gestão da Prefeitura e confiança nas instituições'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-6725472668051645421</id><published>2018-01-06T08:10:00.001-08:00</published><updated>2018-01-06T08:10:41.857-08:00</updated><title type='text'>Audiência pública sobre o Projeto de Intervenção Urbana – PIU Anhembi</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/s1080x1080/e35/26065413_159108134724906_6798284616491859968_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;1080&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;        &lt;b&gt;Data&lt;/b&gt;&lt;b&gt;&lt;br&gt;        &lt;/b&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;10/01/2018&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;b&gt;Horário&lt;/b&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;18:00 até 20:00&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de        Urbanismo e Licenciamento – SMUL e a São Paulo Urbanismo, realizam        no dia 10 de janeiro uma audiência pública para apresentar e        receber contribuições sobre a Minuta de Projeto de Lei que vai        definir índices e parâmetros de uso e ocupação do solo a serem        observados para o Projeto de Intervenção Urbana – PIU Anhembi.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O encontro é mais uma oportunidade para o cidadão conhecer e        contribuir com o PL.&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;Desde 14 de dezembro há uma consulta pública aberta no portal        Gestão Urbana sobre o Projeto, que possibilita ao munícipe fazer        sugestões nos artigos, bem como nos parágrafos e incisos.&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;        A audiência será realizada no dia 10 de janeiro, às 18h, no        auditório do 15º andar do Edifício Martinelli – sala 154.&lt;/p&gt;      &lt;p&gt; O endereço é Rua São Bento, 405, Centro.&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;        &lt;b&gt;Entenda o Projeto de Lei&lt;/b&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Aprovado pela Câmara Municipal em 5 de dezembro, o Projeto de Lei        nº 582/2017, que trata da desestatização do Complexo do Anhembi,        estabelece que um PL específico deverá dispor sobre os parâmetros        de uso e ocupação do solo da respectiva Zona de Ocupação Especial        – ZOE.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O texto prevê a manutenção do potencial construtivo definido pela        Lei de Zoneamento para a ZOE do Anhembi em 1 milhão de metros        quadrados. Detalha, ainda, o perímetro da área, definindo dois        setores: Setor Centro de Convenções e Exposições e o Setor        Sambódromo. Este último, não considerado nos estudos que definiram        o potencial construtivo para a ZOE na Lei de Parcelamento, Uso e        Ocupação do Solo, tem seu potencial construtivo fixado em 400 mil        metros quadrados, o que constitui novidade em relação à regulação        vigente.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Além disso, a proposta traz outros parâmetros urbanísticos, como        taxa de ocupação, de permeabilidade e destinação de áreas        públicas. A definição desses índices e parâmetros permitirá o        detalhamento dos mesmos por meio de um Projeto de Intervenção        Urbana – PIU, que também contará com participação da sociedade        civil.&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;b&gt;Acesse o link e registre seu comentário!&lt;/b&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;a class=&quot;moz-txt-link-freetext&quot; href=&quot;http://minuta.gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/piu-anhembi/&quot;&gt;http://minuta.gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/piu-anhembi/&lt;/a&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;        &lt;b&gt;Serviço&lt;/b&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Audiência Pública do Projeto de Lei para o PIU Anhembi&lt;br&gt;        Data: 10 de janeiro&lt;br&gt;        Horário: 18h&lt;br&gt;        Local: Auditório do 15º andar do Edifício Martinelli – sala 154&lt;br&gt;        Endereço: Rua São Bento, 405, Centro&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;font color=&quot;#339999&quot;&gt;&lt;font size=&quot;+2&quot;&gt;&lt;b&gt;.&lt;/b&gt;&lt;/font&gt;&lt;/font&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;font color=&quot;#339999&quot;&gt;&lt;font size=&quot;+2&quot;&gt;&lt;b&gt;.&lt;/b&gt;&lt;/font&gt;&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;right&quot;&gt;&lt;b&gt;&lt;font color=&quot;#339999&quot;&gt;&lt;font size=&quot;+2&quot;&gt;Compareçam!!!&lt;/font&gt;&lt;br&gt;          &lt;/font&gt;&lt;/b&gt;&lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/6725472668051645421/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/audiencia-publica-sobre-o-projeto-de.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/6725472668051645421'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/6725472668051645421'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/audiencia-publica-sobre-o-projeto-de.html' title='Audiência pública sobre o Projeto de Intervenção Urbana – PIU Anhembi'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-1468795688703673218</id><published>2018-01-03T12:18:00.001-08:00</published><updated>2018-01-03T12:18:34.460-08:00</updated><title type='text'>Reajuste de tarifas de ônibus passa a valer em São Paulo.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e35/26066928_1672808926075774_1012634231903354880_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;600&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;&lt;br&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/1468795688703673218/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/reajuste-de-tarifas-de-onibus-passa.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/1468795688703673218'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/1468795688703673218'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/reajuste-de-tarifas-de-onibus-passa.html' title='Reajuste de tarifas de ônibus passa a valer em São Paulo.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-621457243099492314</id><published>2018-01-02T11:27:00.001-08:00</published><updated>2018-01-02T11:27:44.777-08:00</updated><title type='text'>Secretário-geral da ONU em sua mensagem para 2018: um alerta para o mundo.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/s1080x1080/e35/26072670_385654008571422_7616861333924872192_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;607&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;&lt;iframe src=&quot;https://www.youtube.com/embed/ddBaHainsZ8&quot;          gesture=&quot;media&quot; allow=&quot;encrypted-media&quot; allowfullscreen=&quot;&quot;          frameborder=&quot;0&quot; height=&quot;360&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;&lt;br&gt;        &lt;/iframe&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&quot;Queridos amigos em todo o mundo, Feliz Ano Novo!&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Há um ano, quando iniciei o meu mandato, lancei um apelo à paz        para 2017. Infelizmente o mundo seguiu, em grande medida, o        caminho inverso. No primeiro dia do ano de 2018 não vou lançar um        novo apelo. Vou emitir um alerta ao mundo.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Os conflitos aprofundaram-se e novos perigos emergiram. A        ansiedade global relacionada com as armas nucleares atingiu o seu        pico desde a guerra fria. As mudanças climáticas avançam mais        rapidamente do que os nossos esforços para as enfrentar.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        As desigualdades acentuam-se. Assistimos a violações horríveis de        direitos humanos. Os nacionalismos e a xenofobia estão aumentando.        Ao começarmos 2018, apelo à união. Acredito verdadeiramente que        podemos tornar o mundo mais seguro.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Podemos solucionar os conflitos, superar os ódios e defender os        valores que temos em comum. Mas só poderemos fazê-lo em conjunto.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Apelo aos líderes em todo o mundo para o seguinte compromisso de        Ano Novo: Estreitem laços. Lancem pontes. Reconstruam a confiança        reunindo as pessoas em torno de objetivos comuns.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A união é o caminho. O nosso futuro depende dela. Desejo a todos        paz e saúde em 2018.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Thank you. Shokran. Xie Xie. Merci. Spasiba. Gracias. Obrigado.&quot;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/621457243099492314/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/secretario-geral-da-onu-em-sua-mensagem.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/621457243099492314'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/621457243099492314'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2018/01/secretario-geral-da-onu-em-sua-mensagem.html' title='Secretário-geral da ONU em sua mensagem para 2018: um alerta para o mundo.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><media:thumbnail xmlns:media="http://search.yahoo.com/mrss/" url="https://img.youtube.com/vi/ddBaHainsZ8/default.jpg" height="72" width="72"/><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-7035418705706301014</id><published>2017-12-31T03:06:00.001-08:00</published><updated>2017-12-31T03:06:13.651-08:00</updated><title type='text'>Amanhã é a primeira folha em branco de um livro de 365 páginas. Escreva-o bem!</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/s1080x1080/e35/26071412_157266011570780_6197576549009457152_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;638&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/7035418705706301014/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/amanha-e-primeira-folha-em-branco-de-um.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/7035418705706301014'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/7035418705706301014'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/amanha-e-primeira-folha-em-branco-de-um.html' title='Amanhã é a primeira folha em branco de um livro de 365 páginas. Escreva-o bem!'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-2896431194198094413</id><published>2017-12-29T11:22:00.001-08:00</published><updated>2017-12-29T11:22:36.353-08:00</updated><title type='text'>Assembleia legislativa de SP aprova lei que isenta refugiados de taxas para revalidar diplomas.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e35/26070664_163170441114515_2329275100945186816_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;600&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Após mais de um ano de tramitação, a Assembleia Legislativa de São        Paulo (ALESP) aprovou por unanimidade o Projeto de Lei 557/2016,        que prevê que pessoas refugiadas deixem de arcar com o pagamento        de taxas de revalidação de diplomas nas universidades estaduais        paulistas. Legislação contempla certificados de graduação,        mestrado e doutorado. Custos com processo de autenticação podem        chegar a 20 mil reais. Decisão foi celebrada pela Agência da ONU        para Refugiados (ACNUR).&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;Refugiado sírio busca orientação sobre o andamento de seu pedido        de revalidação do diploma em São Paulo, onde o ACNUR financia um        projeto na organização Compassiva para diminuir os custos do        processo. Foto: ACNUR/Gabo Morales&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Após mais de um ano de tramitação, a Assembleia Legislativa de São        Paulo (ALESP) aprovou por unanimidade o Projeto de Lei 557/2016,        que prevê que pessoas refugiadas deixem de arcar com o pagamento        de taxas de revalidação de diplomas nas universidades estaduais        paulistas. Legislação contempla certificados de graduação,        mestrado e doutorado. Custos com processo de autenticação podem        chegar a 20 mil reais.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) parabeniza a decisão, que        facilitará o processo de integração de pessoas refugiadas no        Brasil, possibilitando o acesso desse público a vagas de trabalho        condizentes com suas respectivas formações.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O organismo internacional também acredita que a nova lei        incentivará os refugiados a continuar os estudos, aprimorando seus        saberes, compartilhando conhecimentos e contribuindo de forma        ainda mais assertiva para o desenvolvimento do Brasil.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;Com a aprovação do Projeto de Lei 557/2016, logramos uma        ampliação dos direitos das pessoas refugiadas no Brasil, na medida        em que facilita o exercício de seu pleno desenvolvimento,        possibilitando que seus conhecimentos sejam reconhecidos e        consequentemente postos em prática. Esta é uma medida de extrema        importância para que possamos incorporar os diversos saberes das        pessoas refugiadas à sociedade brasileira, além de promover, ao        mesmo tempo, sua autossuficiência&quot;, disse a chefe do escritório do        ACNUR em São Paulo, Maria Beatriz Nogueira.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Os custos associados à revalidação de diplomas, como o        requerimento e a tradução juramentada de documentos curriculares,        podem chegar a 20 mil reais. Além de caro, o processo pode se        estender ao longo de vários meses.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;Muitos refugiados que tiveram que deixar seus países de origem        enfrentam a falta de moradia, a dificuldade com o novo idioma        associada à adaptação a uma nova cultura e ainda se deparam com a        barreira para a inserção no mercado de trabalho, provocada muitas        vezes pelo não reconhecimento de seus diplomas em nosso país.        Grande parte desses refugiados não possuem os valores cobrados        para dar entrada nesses processos&quot;, explica o deputado Carlos        Bezerra Jr., presidente da Comissão de Direitos Humanos da ALESP.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A isenção de taxas para refugiados que buscam o reconhecimento de        certificados de estudos, diplomas e títulos universitários        estrangeiros é fundamentada no artigo 22 da Convenção de 1951        relativa ao Estatuto dos Refugiados. A Convenção foi ratificada        pelo Brasil em 1961. Já no âmbito federal, a Lei 9.474/1997        dispõe, em seu artigo 44, que o reconhecimento de certificados e        diplomas de pessoas refugiadas no Brasil deverá ser facilitado,        sobretudo ao se considerar a situação desfavorável vivida por        essas pessoas.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O Projeto de Lei 557/2016 é considerado pelo ACNUR um exemplo de        boa prática desde o início da proposta, pois contou com consulta e        participação de atores da sociedade civil, garantindo legitimidade        ao projeto. O texto agora seguirá para a sanção do governador        Geraldo Alckmin. A maior parte dos mais de 10 mil refugiados        vivendo no Brasil mora em São Paulo.&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;&lt;b&gt;Imprensa ONU - &lt;a class=&quot;moz-txt-link-freetext&quot; href=&quot;http://www.onu.org.br/&quot;&gt;http://www.onu.org.br/&lt;/a&gt;&lt;/b&gt;&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/2896431194198094413/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/assembleia-legislativa-de-sp-aprova-lei.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/2896431194198094413'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/2896431194198094413'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/assembleia-legislativa-de-sp-aprova-lei.html' title='Assembleia legislativa de SP aprova lei que isenta refugiados de taxas para revalidar diplomas.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-6434731709025930478</id><published>2017-12-29T01:58:00.001-08:00</published><updated>2017-12-29T01:58:33.197-08:00</updated><title type='text'>Para poupar recursos e dinheiro é fundamental economizar e adotar novos hábitos.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e35/25023690_158225841465848_6659088497409785856_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;600&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;De acordo com a Organização das Nações Unidas,        cada pessoa necessita de 3,3 mil litros de água por mês (cerca de        110 litros de água por dia para atender às necessidades de consumo        e higiene).&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        No entanto, no Brasil, o consumo por pessoa pode chegar a mais de        200 litros/dia.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Um pouco mais da metade da água é gasta no banheiro, em banhos,        descargas ou outras utilizações. &lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;a moz-do-not-send=&quot;true&quot;          href=&quot;http://site.sabesp.com.br/site/interna/Default.aspx?secaoId=595&quot;&gt;Veja          uma incrível apresentação no site da SABESP na página interna:          http://site.sabesp.com.br/site/interna/Default.aspx?secaoId=595&lt;/a&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/6434731709025930478/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/para-poupar-recursos-e-dinheiro-e.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/6434731709025930478'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/6434731709025930478'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/para-poupar-recursos-e-dinheiro-e.html' title='Para poupar recursos e dinheiro é fundamental economizar e adotar novos hábitos.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-2648522338100697019</id><published>2017-12-13T02:56:00.001-08:00</published><updated>2017-12-13T02:56:18.621-08:00</updated><title type='text'>Pense em trabalhar habilidades, esqueça a profissão.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh10-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/s1080x1080/e35/25018619_1764625347174240_1070486466422898688_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;666&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;        &lt;i&gt;&lt;b&gt;Pesquisa da Pearson traça o panorama do mercado de trabalho            em 2030, lista habilidades necessárias e mostra como a            educação é a saída para o uso intenso de tecnologia em todos            os setores.&lt;/b&gt;&lt;/i&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        As previsões que apontam para a presença intensa de robôs e a        automação no dia a dia estão longe de ser o fim dos tempos. A        pesquisa &quot;O futuro das habilidades: empregabilidade em 2030&quot;,        realizada pelo grupo editorial Pearson em parceria com a fundação        britânica de inovação Nesta e a Oxford Martin School, da        Universidade de Oxford, imagina uma situação positiva para a        convivência entre homens e máquinas.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Sim, o ritmo de mudanças será acelerado e a tecnologia terá um        papel importante, mas o foco no desenvolvimento de habilidades e        no aprender a aprender pode funcionar como proteção para o futuro.        Só assim será possível atender à necessidade constante de        atualização de conhecimentos causada pelo avanço da globalização,        dos problemas ambientais, da desigualdade e incerteza política. Ou        seja, o incerto tende a ser o novo normal.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Em conversa com o Porvir, Amar Kumar, vice-presidente responsável        por liderar o time global de pesquisa da Pearson, disse que tentar        imaginar os nomes das profissões do futuro é um &quot;exercício bobo&quot; e        o melhor é se preparar, em vez de assumir um papel de vítima dos        robôs. &quot;Eu posso desenvolver uma habilidade e praticá-la, mas não        posso me preparar para uma profissão que ainda nem sei como vai se        chamar&quot;, disse. Segundo ele, isso pode ser percebido quando        olhamos a situação de alguém que anos atrás já demonstrava visão        de mercado e tinha uma boa comunicação e hoje lidera times de        marketing em redes sociais. Naquela época você chamaria isso de        profissão?&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A metodologia da pesquisa partiu de uma análise de sete tendências        globais com maior probabilidade de impacto sobre o futuro do        trabalho: mudança tecnológica, globalização, mudança demográfica,        sustentabilidade ambiental, urbanização, desigualdade crescente e        incerteza política. A discussão com especialistas nestas áreas        alimentou um algoritmo de machine learning (sistema autodidata)        que aprendeu a prever quais empregos e habilidades teriam aumento        ou queda na demanda até 2030.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Setores como educação e assistência médica devem ganhar mais        eficiência sem sofrer diminuição de força de trabalho. Outros, que        reúnem características essencialmente humanas, como o criativo, de        desenvolvimento e engenharia, também têm boas perspectivas. Porém,        no transporte e na fabricação tradicional o risco é maior.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Segundo o especialista da Pearson, a necessidade de classificar e        navegar por informações em um cenário que pessoas não conseguem        separar fatos mentirosos dos verdadeiros resgata a importância do        bibliotecário, profissional que sempre reuniu tais habilidades.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Na entrevista, Kumar descreve a metodologia da pesquisa, os        impactos sobre a educação e as mudanças necessárias no mercado de        trabalho. A pesquisa completa está disponível, em inglês, para        consulta e download no site &lt;a class=&quot;moz-txt-link-freetext&quot; href=&quot;http://futureskills.pearson.com&quot;&gt;http://futureskills.pearson.com&lt;/a&gt;.&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;i&gt;&lt;b&gt;&lt;a moz-do-not-send=&quot;true&quot;  href=&quot;http://porvir.org/pense-em-trabalhar-habilidades-esqueca-a-profissao/&quot;&gt;Link              para a entrevista em português&lt;/a&gt;&lt;/b&gt;&lt;/i&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;i&gt;&lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;Por: Vinícius de Oliveira_PORVIR.ORG&lt;/font&gt;&lt;/i&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/2648522338100697019/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/pense-em-trabalhar-habilidades-esqueca.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/2648522338100697019'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/2648522338100697019'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/pense-em-trabalhar-habilidades-esqueca.html' title='Pense em trabalhar habilidades, esqueça a profissão.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-2490427689777984364</id><published>2017-12-09T07:39:00.001-08:00</published><updated>2017-12-09T07:39:36.501-08:00</updated><title type='text'>Enquanto a criança da periferia não for prioridade, desigualdade vai continuar existindo.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh10-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e35/25007943_155635208388707_1218683380963475456_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;660&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;&lt;br&gt;      &lt;font size=&quot;-1&quot;&gt;&lt;i&gt;Crianças da periferia de SP sofrem com          desigualdade nas políticas públicas. Foto: Marcelo Camargo/ABr&lt;/i&gt;&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;div align=&quot;justify&quot;&gt;A capital paulista tem cerca de um milhão de        jovens de 0 a 6 anos, e metade deles vive em áreas precárias. Se        não avançarmos em reduzir as desigualdades do ponto de vista das        políticas públicas para a primeira infância, fica muito difícil        reverter esse quadro no futuro.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;iframe  src=&quot;http://cbn.globoradio.globo.com/Player/widget.htm?audio=3/2017/12/05/142791_20171205&amp;amp;url=http://cbn.globoradio.globo.com/media/audio/142791/governo-precisa-priorizar-qualidade-de-vida-das-cr.htm&amp;amp;titulo=Enquanto%20a%20crian%C3%A7a%20da%20periferia%20n%C3%A3o%20for%20prioridade,%20desigualdade%20vai%20continuar%20existindo&amp;amp;cat=Mais%20S%C3%A3o%20Paulo%20-%20Am%C3%A9rico%20Sampaio&quot;          marginwidth=&quot;0&quot; marginheight=&quot;0&quot; scrolling=&quot;no&quot; frameborder=&quot;0&quot;          height=&quot;220&quot; width=&quot;100%&quot;&gt;&lt;/iframe&gt;&lt;br&gt;        .&lt;br&gt;        Américo Sampaio da Rede Nossa São Paulo é entrevistado por        Patrícia Sidral da CBN.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        .&lt;br&gt;        .&lt;br&gt;      &lt;/div&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/2490427689777984364/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/enquanto-crianca-da-periferia-nao-for.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/2490427689777984364'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/2490427689777984364'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/enquanto-crianca-da-periferia-nao-for.html' title='Enquanto a criança da periferia não for prioridade, desigualdade vai continuar existindo.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-3265849268652587759</id><published>2017-12-04T02:03:00.000-08:00</published><updated>2017-12-04T02:04:03.555-08:00</updated><title type='text'>Observatório e Mapa da Desigualdade da Primeira Infância serão lançados na próxima terça-feira.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh10-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e35/24327927_124746168307832_9220417537441792000_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;540&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Plataforma e indicadores que retratam situação das crianças        paulistanas serão divulgados pela Rede Nossa São Paulo e Fundação        Bernard van Leer em evento público.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A cidade de São Paulo, os gestores públicos e a sociedade civil,        em especial as pessoas e organizações que atuam na área da        infância ou se preocupam com o tema, vão ganhar dois novos        importantes instrumentos de informação, análise e planejamento.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Na próxima terça-feira (5/12), a Rede Nossa São Paulo e a Fundação        Bernard van Leer lançarão o Observatório da Primeira Infância e o        Mapa da Desigualdade da Primeira Infância, que retratam a situação        das crianças paulistanas de zero a seis anos. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A divulgação da nova plataforma digital e dos indicadores será        realizada em um evento público no auditório do Sesc 24 de Maio, no        centro da capital paulista.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Com 130 indicadores, o Observatório da Primeira Infância (OPI)        permitirá ao internauta selecionar e comparar até cinco itens que        possuam dados por distrito. Por meio dessa interatividade, o        interessado poderá saber a situação dos indicadores por ele        selecionados em cada um dos 96 distritos da cidade de São Paulo. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Uma das novidades do OPI é o Banco de Boas Práticas, onde estarão        disponíveis experiências exitosas nacionais e internacionais na        área da infância. Além de acessar as boas práticas – por Objetivo        de Desenvolvimento Sustentável (ODS), eixo do Programa Cidades        Sustentáveis ou pelo Urban95 –, o internauta poderá encaminhar        sugestões de programas e políticas públicas exitosas para serem        incluídas na plataforma.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Alguns indicadores visam chamar a atenção das autoridades e da        própria sociedade para a situação das &quot;Crianças Invisíveis&quot;. Ou        seja, para as crianças que têm seus direitos básicos violados        cotidianamente e não são contemplados por políticas públicas. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Outro ponto de destaque do Observatório será o espaço virtual        &quot;Olhar das Crianças&quot;, onde serão disponibilizadas fotos feitas        pelos pequenos e pequenas.  &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O Mapa da Desigualdade da Primeira Infância, por sua vez, visa        mostrar as diferenças existentes dentro de uma mesma cidade – no        caso, São Paulo – em relação à situação das crianças. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Utilizando a mesma metodologia do Mapa da Desigualdade da Cidade        de São Paulo, o estudo inédito revelará o &quot;desigualtômetro&quot; – a        distância entre o melhor e o pior distrito – em cada um dos 28        indicadores vinculados à primeira infância. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Observatório poderá ser replicado em outras cidades&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Para que municípios interessados possam elaborar seus próprios        Observatórios da Primeira Infância, a Rede Nossa São Paulo e a        Fundação Bernard van Leer divulgarão, no mesmo evento, dois guias        destinados a facilitar a construção de plataformas semelhantes. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O Observatório da Primeira Infância em 5 Passos – Guia de        Multiplicação explicará como implantar a plataforma, considerando        os indicadores, o conteúdo, o banco de boas práticas, entre outros        pontos.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Já o Observatório da Primeira Infância – Guia Técnico orientará a        instalação da plataforma, incluindo como configurar e cuidar da        funcionalidade do sistema. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Serviço: &lt;br&gt;        Evento: Lançamento do Observatório e do Mapa da Desigualdade da        Primeira Infância&lt;br&gt;        Data: próxima terça-feira, dia 5 de dezembro de 2017&lt;br&gt;        Horário: das 9h30 às 12h30&lt;br&gt;        Local: Sesc 24 de Maio&lt;br&gt;        Endereço: Rua 24 de Maio, 109 – perto da Estação República do        Metrô &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;a moz-do-not-send=&quot;true&quot;          href=&quot;https://goo.gl/forms/iKiUfCaXCTJ1bxd23&quot;&gt;Confirme aqui sua          presença no evento.&lt;/a&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;a moz-do-not-send=&quot;true&quot;          href=&quot;https://goo.gl/forms/iKiUfCaXCTJ1bxd23&quot;&gt;&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;a moz-do-not-send=&quot;true&quot;          href=&quot;https://www.facebook.com/events/1536998266335670/&quot;&gt;Evento          no Facebook.&lt;/a&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;Enviado por&lt;/font&gt;&lt;font          color=&quot;#3333ff&quot;&gt;&lt;strong style=&quot;font-weight: bold; color: rgb(51,            51, 51); font-family: &amp;quot;Helvetica Neue&amp;quot;, Helvetica,            Arial, sans-serif; font-size: 14px; font-style: normal;            font-variant-ligatures: normal; font-variant-caps: normal;            letter-spacing: normal; orphans: 2; text-align: start;            text-indent: 0px; text-transform: none; white-space: normal;            widows: 2; word-spacing: 0px; -webkit-text-stroke-width: 0px;            background-color: rgb(255, 255, 255); text-decoration-style:            initial; text-decoration-color: initial;&quot;&gt;&lt;font              color=&quot;#3333ff&quot;&gt; &lt;/font&gt;Airton Goes, da&lt;/strong&gt; NossaSP&lt;/font&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/3265849268652587759/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/observatorio-e-mapa-da-desigualdade-da.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/3265849268652587759'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/3265849268652587759'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/observatorio-e-mapa-da-desigualdade-da.html' title='Observatório e Mapa da Desigualdade da Primeira Infância serão lançados na próxima terça-feira.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-8523030746367407561</id><published>2017-12-04T01:47:00.001-08:00</published><updated>2017-12-04T01:47:51.820-08:00</updated><title type='text'>Estudo resgata a história do Movimento do Custo de Vida.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh10-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e35/24274312_1750842525212173_6994537069703856128_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;542&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;&lt;i&gt;&lt;font size=&quot;-2&quot;&gt;Em oposição à política econômica da ditadura            civil-militar, o movimento, que atuou de 1973 a 1982, promoveu            as primeiras grandes manifestações populares do Brasil depois            de 1968 (detalhe da capa do livro Como pode um povo vivo viver            nesta carestia)&lt;/font&gt;&lt;/i&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;        Criado em 1973, a partir dos Clubes de Mães e das Comunidades        Eclesiais de Base (CEBs) da Igreja Católica na periferia sul de        São Paulo, o Movimento do Custo de Vida (MCV) incorporou outras        forças políticas; cresceu em número e articulação; e, em 1978,        colocou nas ruas mais de 20 mil pessoas, em um ato público        realizado na Praça da Sé, em plena ditadura civil-militar.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Contornando as barreiras policiais, que procuraram impedir o        acesso dos manifestantes ao local, e contrariando a ordem de que o        ato fosse realizado apenas no interior da catedral, a manifestação        transbordou pelas escadarias.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        No mesmo evento, foi apresentado um abaixo-assinado de âmbito        nacional, com 1,3 milhão de assinaturas, a ser entregue à        Presidência da República, reivindicando o congelamento dos preços        dos gêneros de primeira necessidade; o aumento dos salários acima        do aumento do custo de vida; e um abono salarial de emergência        imediato e sem desconto para todas as categorias de trabalhadores.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A história do MCV, praticamente desconhecida pelas novas gerações,        é o objeto do livro Como pode um povo vivo viver nesta carestia: o        Movimento do Custo de Vida em São Paulo (1973-1982), de Thiago        Nunes Monteiro. Resultado de trabalho de mestrado feito na        Universidade de São Paulo, com orientação da professora Maria        Aparecida de Aquino, o livro foi publicado com apoio da FAPESP.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;Monteiro pesquisou nos principais arquivos do Estado de São        Paulo. Ele consultou material produzido pelo próprio MCV e sobre o        movimento, como discursos na Assembleia Legislativa do Estado de        São Paulo (Alesp) e no Congresso Nacional, artigos de imprensa da        época e documentos do Departamento Estadual de Ordem Política e        Social de São Paulo (Deops-SP). Com base nessa documentação        extensa, fez um trabalho de mestrado com nível de doutorado. Por        isso, sem que fosse apresentada qualquer solicitação nesse        sentido, sua dissertação foi selecionada, pelos pareceristas da        USP, para publicação em livro&quot;, disse Aquino à Agência FAPESP.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Conforme explicou a orientadora, o MCV foi a resposta a um        processo inflacionário, que corroía o poder aquisitivo das camadas        populares, sem que houvesse a contrapartida de elevações        salariais. Com uma linguagem acessível às pessoas menos        instruídas, os folhetos produzidos pelo movimento recorriam a        imagens marcantes como a de que os salários subiam pela escada,        enquanto o custo de vida disparava pelo elevador.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O livro cobre uma década de atividade do MCV e acompanha seu        nascimento, ascensão, apogeu, declínio e fim. &quot;Adotei como balizas        temporais os anos 1973 e 1982. Em 1973, o MCV foi criado, com base        nos Clubes de Mães, já atuantes na periferia de São Paulo. Em        1982, o movimento já havia esgotado sua capacidade de mobilização        em São Paulo, e a última manifestação agendada acabou não        ocorrendo, por falta de público&quot;, disse Monteiro.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Segundo o autor, a maior força no início do movimento – e a        própria condição para que ele ocorresse – foi a Igreja Católica,        liderada pelo cardeal dom Paulo Evaristo Arns, arcebispo de São        Paulo.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;Por meio dos Clubes de Mães e das CEBs, a Igreja mobilizou grande        número de participantes, residentes nos bairros populares da        periferia. Além disso, foi a Igreja que proporcionou a        infraestrutura material necessária, como espaços para reuniões ou        mimeógrafos para a produção de folhetos. Mas, desde o começo,        houve também a participação de pessoas ligadas à luta sindical e à        oposição ao regime ditatorial, incluindo agrupamentos de esquerda,        especialmente militantes do Partido Comunista do Brasil (PC do        B)&quot;, disse.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        À medida que o MCV cresceu, criou-se uma coordenação central;        outros militantes de esquerda, que não moravam anteriormente nos        bairros onde o movimento atuava, se incorporaram a ele; e        chegou-se ao auge com o abaixo-assinado de 1,3 milhão de        assinaturas. A partir de 1978, a capacidade de mobilização foi,        gradualmente, reduzida.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        As causas do declínio foram objeto de outros estudos, que        enfatizaram a influência prejudicial das disputas por hegemonia        entre as várias forças políticas. Monteiro reconhece que essas        disputas contribuíram para a desmobilização, mas considera que        esta não pode ser atribuída a uma única causa.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;Movimentos populares com objetivos limitados, como a construção        de creches ou o asfaltamento de ruas, são capazes de proporcionar        pequenas vitórias concretas, que retroalimentam a mobilização. O        MCV, porém, tinha um objetivo de escala nacional, que só poderia        ser alcançado com a revisão de toda a política econômica do        regime. A incapacidade de obter uma vitória desse porte pode ser        apontada como uma das causas para o seu progressivo esvaziamento.        Além disso, surgiram outras pautas e espaços de atuação, que        atraíram parte dos militantes&quot;, disse Monteiro.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Para Aquino, é preciso contextualizar o declínio do MCV. &quot;O fim da        década de 1970 foi caracterizado pelo eclipse do regime        ditatorial. Houve crise econômica, a emergência de um novo        sindicalismo com as greves do ABC paulista em 1978, mobilizações        dos estudantes e de outros setores da população por liberdades        democráticas. Tudo isso sinalizou que não havia mais condições de        sobrevivência para a ditadura no longo prazo. O MCV foi a resposta        possível em um contexto anterior. Mas o novo contexto gerou outras        oportunidades de enfrentamento do regime ditatorial&quot;, disse.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Perguntado sobre as lideranças que se destacaram no movimento,        Monteiro citou três: Aurélio Peres, operário metalúrgico, e Irma        Passoni, freira que abandonou a vida religiosa para se engajar nas        lutas da periferia sul; em 1978, os dois foram eleitos,        respectivamente, como deputados federal e estadual.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;Além deles, Ana Dias teve um papel muito importante no MCV desde        o início, embora seja mais lembrada como a companheira do operário        metalúrgico Santo Dias da Silva, que também atuou no MCV e foi        assassinado por um soldado da Polícia Militar, durante repressão à        greve dos metalúrgicos de São Paulo&quot;, disse.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Em 31 de outubro de 1979, 30 mil pessoas saíram às ruas do centro        de São Paulo para acompanhar o cortejo fúnebre e protestar contra        o assassinato de Santo Dias. O policial responsável por sua morte,        condenado em primeira instância, foi unanimemente absolvido pelo        Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Há 38 anos, familiares e companheiros de militância de Santo se        dirigem, todos os anos, ao local onde Santo foi morto e escrevem,        com tinta vermelha, a frase &quot;Aqui foi assassinado o operário Santo        Dias da Silva, no dia 30-10-1979, pela Polícia Militar&quot;.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Como pode um povo vivo viver nesta carestia: o Movimento do Custo        de Vida em São Paulo (1973-1982) &lt;br&gt;        Autor: Thiago Nunes Monteiro &lt;br&gt;        Editora: Humanitas &lt;br&gt;        Ano: 2017 &lt;br&gt;        Páginas: 274 &lt;br&gt;        Preço: R$ 42 &lt;br&gt;        Mais informações:        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-freetext&quot;  href=&quot;https://editorahumanitas.commercesuite.com.br/lancamentos/como-pode-um-povo-vivo-viver-nesta-carestia&quot;&gt;https://editorahumanitas.commercesuite.com.br/lancamentos/como-pode-um-povo-vivo-viver-nesta-carestia&lt;/a&gt;.&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;Por: José Tadeu Arantes  /  Agência FAPESP&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/8523030746367407561/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/estudo-resgata-historia-do-movimento-do.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/8523030746367407561'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/8523030746367407561'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/12/estudo-resgata-historia-do-movimento-do.html' title='Estudo resgata a história do Movimento do Custo de Vida.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-1776520012176526090</id><published>2017-09-19T17:53:00.001-07:00</published><updated>2017-09-19T17:53:59.833-07:00</updated><title type='text'>Dia do Educador Social (Para todo mundo saber).</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e35/21827057_1687525117927320_8282970337302282240_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;644&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;&lt;font size=&quot;-2&quot;&gt;&lt;i&gt;Educador Paulo Freire - Arquivo&lt;/i&gt;&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;b&gt;Câmara aprova criação do Dia do Educador          Social.&lt;/b&gt;&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;A Comissão de Constituição e Justiça e de        Cidadania aprovou, em caráter conclusivo, proposta que cria o Dia        do Educador Social, a ser comemorado em 19 de setembro, data do        nascimento de Paulo Freire. O texto aprovado segue para análise do        Senado.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Relator na Comissão, o deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA)        defendeu a aprovação da nova data, prevista no Projeto de Lei        2989/08, do ex-deputado Chico Lopes.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;A proposição respeita os dispositivos constitucionais de cunho        material, estando em inteira conformidade com o ordenamento        jurídico em vigor no País, bem como com os princípios gerais de        Direito&quot;, observou o relator.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Nascido em Recife, Freire morreu em 1997, aos 76 anos. O educador        e filósofo influenciou o movimento chamado pedagogia crítica. Sua        prática didática fundamentava-se na crença de que o estudante        assimilaria o objeto de análise fazendo ele próprio o caminho, e        não seguindo um já previamente construído.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;a moz-do-not-send=&quot;true&quot;  href=&quot;http://www.camara.gov.br/internet/sileg/Prop_Detalhe.asp?id=386267&quot;&gt;ÍNTEGRA          DA PROPOSTA:&lt;br&gt;          PL-2989/2008&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/1776520012176526090/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/09/dia-do-educador-social-para-todo-mundo.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/1776520012176526090'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/1776520012176526090'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/09/dia-do-educador-social-para-todo-mundo.html' title='Dia do Educador Social (Para todo mundo saber).'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-7003343807113748374</id><published>2017-09-08T16:31:00.001-07:00</published><updated>2017-09-08T16:31:49.225-07:00</updated><title type='text'>Consulta Pública - Conselho das Cidades</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://instagram.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e35/21435605_495852124103160_1523126610117525504_n.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;500&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;b&gt;Os Conselhos de Políticas Públicas são espaços          formais vinculados ao poder executivo e tem por finalidade          permitir a participação da sociedade  na formulação,          acompanhamento e monitoramento de políticas públicas. &lt;/b&gt;&lt;b&gt;&lt;br&gt;        &lt;/b&gt;&lt;b&gt;Atualmente o Conselho das Cidades – ConCidades é um órgão          colegiado, constituído por representantes do poder público e da          sociedade civil. O ConCidades tem por finalidade formular,          estudar e propor diretrizes para o desenvolvimento urbano e          metropolitano, incluindo a integração das políticas de          planejamento, ordenamento territorial e gestão do solo urbano,          de habitação, saneamento ambiental, mobilidade urbana, em          consonância com a Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001          (Estatuto da Cidade). &lt;/b&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O ConCidades promove o debate em torno da política urbana de forma        continuada entre os segmentos que o compõem, tais como: setor        empresarial; movimentos sociais; organizações não governamentais        (ONGs); entidades profissionais, acadêmicas e de pesquisa;        entidades sindicais; e órgãos governamentais. Ele se apresenta,        portanto, como espaço de diálogo e entendimento entre diferentes        atores sociais que participam dos processos de tomada de decisão        em torno das políticas executadas pelo Ministério das Cidades. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        De forma permanente, o ConCidades acompanha e avalia a execução da        política urbana nacional, e propõe diretrizes para as políticas de        saneamento ambiental, de habitação, de parcelamento da terra, de        trânsito e mobilidade urbana. Sua atuação visa fortalecer a pauta        federativa, apoiando o planejamento de desenvolvimento        institucional e modernização das estruturas administrativas. Mais        informações sobre o Conselho das Cidades podem ser obtidas em        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-freetext&quot; href=&quot;http://www.cidades.gov.br/conselho-das-cidades&quot;&gt;http://www.cidades.gov.br/conselho-das-cidades&lt;/a&gt;.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Após treze anos da sua criação, considerando as contribuições do        ConCidades na construção das políticas urbanas do país, o        Ministério das Cidades entende ser necessário o aperfeiçoamento de        suas atribuições, estrutura e funcionamento, de forma a torná-lo        mais efetivo, transparente e com capacidade de ampliar a        participação das partes interessadas.&lt;br&gt;        Esta Consulta Pública busca colher sugestões da sociedade para que        o colegiado consolide seu papel relevante no processo de        desenvolvimento urbano do país. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;i&gt;&lt;b&gt;Dúvidas? Mais informações? Entre em contato conosco:&lt;/b&gt;&lt;/i&gt;&lt;i&gt;&lt;b&gt;&lt;br&gt;          &lt;/b&gt;&lt;/i&gt;&lt;i&gt;&lt;b&gt;E-mail: &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;mailto:[email protected]&quot;&gt;[email protected]&lt;/a&gt;   -  Telefone: 61            – 2108-1693&lt;/b&gt;&lt;/i&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/7003343807113748374/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/09/consulta-publica-conselho-das-cidades.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/7003343807113748374'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/7003343807113748374'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/09/consulta-publica-conselho-das-cidades.html' title='Consulta Pública - Conselho das Cidades'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-226162116027956451</id><published>2017-08-31T16:04:00.001-07:00</published><updated>2017-08-31T16:04:56.749-07:00</updated><title type='text'>Como conseguir doações.</title><content type='html'>&lt;p&gt;&lt;iframe src=&quot;https://www.youtube.com/embed/OkwbCOL2WFo&quot;          allowfullscreen=&quot;&quot; frameborder=&quot;0&quot; height=&quot;567&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;&lt;br&gt;        &lt;/iframe&gt;&lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/226162116027956451/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/como-conseguir-doacoes.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/226162116027956451'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/226162116027956451'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/como-conseguir-doacoes.html' title='Como conseguir doações.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><media:thumbnail xmlns:media="http://search.yahoo.com/mrss/" url="https://img.youtube.com/vi/OkwbCOL2WFo/default.jpg" height="72" width="72"/><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-1442811804865935778</id><published>2017-08-30T13:16:00.001-07:00</published><updated>2017-08-30T13:16:07.965-07:00</updated><title type='text'>Por que é importante participar desse debate?</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://scontent.fcgh4-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/21032786_1624087727623813_2126441233702374049_n.jpg?oh=16326fbacfddbc1bb4a0572acd02bb7c&amp;amp;oe=5A15A147&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;575&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;&lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;div align=&quot;justify&quot;&gt;Audiência pública debaterá a participação        social na cidade de São Paulo&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Evento ocorrerá nesta sexta, dia 1/9, às 18h30, no auditório        externo da &lt;a moz-do-not-send=&quot;true&quot;          href=&quot;https://www.facebook.com/camarasaopaulo/&quot;&gt;Câmara Municipal&lt;/a&gt;.        Entre os principais temas a serem discutidos estão as recentes        medidas da Prefeitura em relação aos conselhos.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Qual o valor da participação da sociedade civil nos processos de        decisão sobre a cidade e no acompanhamento das políticas e do        orçamento municipal? &lt;br&gt;         &lt;br&gt;        Essa questão será debatida em audiência pública sobre a        participação social na cidade de São Paulo, a ser realizada no        próximo dia 1 de setembro (sexta-feira), às 18h30, no auditório        externo da &lt;a moz-do-not-send=&quot;true&quot;          href=&quot;https://www.facebook.com/camarasaopaulo/&quot;&gt;Câmara Municipal&lt;/a&gt;.        A iniciativa é da Comissão de Política Urbana do legislativo        paulistano.  &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O evento abordará o sistema de participação na capital paulista e        o papel dos conselhos municipais, principalmente tendo vista as        recentes medidas da atual gestão da Prefeitura, que extinguiu        Conselho Municipal de Planejamento e Orçamento Participativos        (CPOP), reduziu em mais de 50% o número de conselheiros        participativos municipais e alterou a forma de escolha dos        integrantes do Conselho do Plano Municipal do Livro, Leitura,        Literatura e Bibliotecas de São Paulo (PMLLLB/SP). &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Por que é importante participar desse debate? &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        No mês passado (agosto), o prefeito de São Paulo, João Doria,        iniciou um processo de desmonte da participação social nos        conselhos da cidade, começando pelo Conselho do Plano Municipal do        Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas de São Paulo (PMLLLB/SP),        seguindo com o Conselho Municipal de Planejamento e Orçamento        Participativos (CPOP) e desembocando no Conselho Participativo        Municipal (em suas 32 prefeituras regionais). &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        As medidas da atual gestão municipal nesses três conselhos        representam retrocessos no envolvimento da população com a        definição e o acompanhamento das políticas públicas. Com elas, os        paulistanos perdem importantes espaços de participação no        planejamento e execução de ações na cidade. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        As iniciativas da Prefeitura vão na contramão daquilo que o        próprio Programa de Governo do então candidato a prefeito        preconizava, &quot;buscar ativamente a participação da sociedade civil        nos assuntos municipais&quot;. &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Tais ações também contrariam o Relatório de Desenvolvimento Global        (WDR, na sigla em inglês), do Banco Mundial. Lançado no início        desse ano, o relatório revela que &quot;o nível de participação popular        nos processos de formulação e implementação [de políticas        públicas] determina o maior ou menor grau de êxito [das ações dos        governos]&quot;.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Some-se ainda o fato de que a Prefeitura precisará cumprir os        cinco compromissos da iniciativa internacional multilateral Open        Government Partnership (OGP) ainda neste ano. Um desses        compromissos determina que a Prefeitura deve &quot;aumentar o poder de        intervenção dos Conselhos Participativos Municipais em suas        respectivas Prefeituras Regionais&quot;. &lt;br&gt;         &lt;br&gt;        Queremos participar nas decisões sobre os rumos da nossa cidade!&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Compareça, divulgue e compartilhe!&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;a moz-do-not-send=&quot;true&quot;  href=&quot;http://d-click.cloudready.dualtec.com.br/u/26985/1290/10071/16161_0/3de88/?url=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fevents%2F1960686697502603&quot;&gt;Clique          aqui e participe do evento no facebook&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;      &lt;/div&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/1442811804865935778/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/por-que-e-importante-participar-desse.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/1442811804865935778'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/1442811804865935778'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/por-que-e-importante-participar-desse.html' title='Por que é importante participar desse debate?'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-7655605523851990388</id><published>2017-08-24T10:24:00.000-07:00</published><updated>2017-08-24T10:25:00.427-07:00</updated><title type='text'>MUNICÍPIO DE SÃO PAULO - São Paulo elege representantes da sociedade civil para integrar o PDUI-RMSP</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;https://www.pdui.sp.gov.br/rmsp/wp-content/uploads/2017/08/pdui_assembleias.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;675&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p&gt;&lt;font size=&quot;-2&quot;&gt;&lt;i&gt;As assembleias serão realizadas nas            sub-regiões norte, leste, sudeste, sudoeste e oeste e São            Paulo; a assembleia geral será em 28/08&lt;/i&gt;&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;        Município realiza assembleia pública no dia 25/08 às 19h30 na        Capital para escolha das entidades que vão participar das        instâncias do PDUI; inscrições no local&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;O município de São Paulo realiza na próxima        sexta-feira, 25/08, às 19h30, assembleia pública para eleger os        representantes da sociedade civil organizada que vão participar da        elaboração do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado        (PDUI-RMSP).&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;O evento será realizado na rua Líbero Badaró,        504, 26° andar (Ed. Martinelli), no Centro da Capital.&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;Organizadas pela Secretaria Executiva do Conselho        de Desenvolvimento da RMSP, em conjunto com as coordenações        sub-regionais e o município de São Paulo, assembleias públicas vão        acontecer nos dias 25 e 26/08 nas cinco sub-regiões da RM, mais o        município de São Paulo, para eleger 30 representantes da sociedade        civil, 12 dos quais integrarão o Comitê Executivo (CE) e 18 a        Comissão Técnica (CT).&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;Podem se candidatar entidades representativas de        movimentos populares, de trabalhadores e empresários, de        profissionais liberais, instituições acadêmicas e de pesquisa e        conselhos profissionais, além de organizações não governamentais.&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;Cada entidade deverá inscrever seu candidato no        dia da assembleia, em formulário próprio distribuído no local,        conforme o Regulamento disponível em &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;http://www.pdui.sp.gov.br/rmsp&quot;&gt;www.pdui.sp.gov.br/rmsp&lt;/a&gt;.&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;Assembleia geral&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;Após as assembleias públicas, ocorrerá no dia        28/08 em São Paulo uma assembleia geral com todos os eleitos, para        definição da composição por instância ─ conforme deliberado pelo        Comitê Executivo, atendendo às exigências do Estatuto da        Metrópole.&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;O objetivo do PDUI é traçar as diretrizes que vão        orientar o desenvolvimento urbano e regional. De acordo com o        Estatuto da Metrópole, os Planos devem ser realizados por regiões        metropolitanas e aglomerações urbanas em três anos, a partir de        2015, quando a Lei Federal nº 13.089 foi promulgada. &lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;Instâncias do PDUI&lt;br&gt;        A composição do CE e da CT passa a ser tripartite ─ Estado,        municípios e sociedade civil ─, cada qual representando,        igualmente, um terço nas votações que se fizerem necessárias. O        Comitê Executivo tem caráter deliberativo e seu propósito é        promover a articulação e a coordenação entre as partes do processo        de elaboração do PDUI-RMSP até sua aprovação.&lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;Já a Comissão Técnica tem por função promover as        atividades do PDUI, acompanhar seu desenvolvimento em consonância        com o Estatuto da Metrópole, bem como pautar e organizar os        documentos que serão objeto de aprovação pelo Comitê Executivo.&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p&gt;SERVIÇO&lt;/p&gt;      &lt;p&gt;Município de São Paulo&lt;br&gt;        - 25/08/2017, 19h30&lt;br&gt;        - Rua Líbero Badaró, 504, 26º andar, Centro (Edf. Martinelli)&lt;br&gt;        &lt;br&gt;         Assembleia geral: 28/08/17, 14h00, Rua Boa Vista, 170 − Auditório        B/Mezanino, SP-Capital&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        OUTRAS INFORMAÇÕES&lt;br&gt;        Assessoria de Comunicação da Emplasa&lt;br&gt;        11 3293 5318&lt;br&gt;        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;mailto:[email protected]&quot;&gt;[email protected]&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;http://www.emplasa.sp.gov.br&quot;&gt;www.emplasa.sp.gov.br&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/7655605523851990388/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/municipio-de-sao-paulo-sao-paulo-elege.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/7655605523851990388'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/7655605523851990388'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/municipio-de-sao-paulo-sao-paulo-elege.html' title='MUNICÍPIO DE SÃO PAULO - São Paulo elege representantes da sociedade civil para integrar o PDUI-RMSP'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-8542940854519475733</id><published>2017-08-24T02:19:00.001-07:00</published><updated>2017-08-24T02:19:27.815-07:00</updated><title type='text'>Evento será realizado entre os dias 24 e 27 de agosto, com centenas de atrações gratuitas na capital paulista.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;http://www.oquefazeremsaopaulo.com.br/wp-content/uploads/2016/08/virada-sustentavel-2016.png&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;506&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;br&gt;        A 7ª edição da Virada Sustentável em São Paulo, que será realizada        de 24 a 27 de agosto, vai ocupar pontos importantes da cidade como        o Parque Ibirapuera, o Unibes Cultural, diversos espaços na região        da avenida Paulista como os parques Mario Covas e Trianon,        unidades do SESC-SP e dezenas de outros locais da capital. O        evento, que vem reunindo cerca de um milhão de pessoas a cada        edição, vai promover uma programação com shows, exposições,        palestras, aulas de meditação e atividades especiais, e terá como        destaques os shows de Marcelo Jeneci com Tulipa Ruiz, em uma        apresentação conjunta, inesquecível, e Arnaldo Antunes, todos no        Parque Ibirapuera.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A sétima edição da Virada Sustentável apresenta mais de 500        atividades que propõem uma visão ampla, positiva e inspiradora da        sustentabilidade em temas como biodiversidade, cidadania,        mobilidade urbana, água, direito à cidade, mudanças climáticas,        consumo consciente e economia verde, entre outros.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Esta edição paulistana é mais uma vez alinhada aos 17 Objetivos do        Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas        (ONU), uma agenda de desenvolvimento apresentada de modo a definir        novos caminhos, que tragam melhorias na vida das pessoas e do        planeta, em todos os lugares. Essa agenda tem como objetivo        determinar o curso global de ações da sociedade, indivíduos e        governos, para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o        bem-estar geral, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças        climáticas, até 2030.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Confira a programação completa e detalhada:        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;http://www.viradasustentavel.org.br&quot;&gt;www.viradasustentavel.org.br&lt;/a&gt; (ainda sendo atualizado)&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Parque Ibirapuera&lt;br&gt;        Este ano, o Parque Ibirapuera ganha destaque com uma programação        especial para toda família, podendo aproveitar as oficinas e        brincadeiras e jogos infantis em estações dedicadas especialmente        a estes temas, além de aproveitar a área de piquenique e as        diversas atividades espalhadas pelo parque, que vai contar até com        ponto de coleta de lixo eletrônico e a feira de trocas Trocaí, que        vai permitir ao visitante trocar até 7 itens, entre roupas,        acessórios (chapéu, bolsa, cinto), calçados, livros e brinquedos.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Outro destaque fica por conta do circuito de instalações.        Localizado no corredor cultural do parque, junto à pista de        cooper, o circuito apresenta trabalhos de 17 renomados artistas        brasileiros e estrangeiros, tendo como tema os 17 ODS da ONU. As        obras, que ficarão no parque até dia 24 de setembro, reúnem nomes        como Kadu Pifo, Paula Plim, Rimon, Fefe Talavera, Mag Magrela,        Ananda Nahu, Vitche, Magoo Felix, Mzk, Danilo Oliveira, Daniel        Melim, Tec, Carlos Dias, Jaime Prades, João Lelo, Atsuo e Shn.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        O Ibirapuera abriga também o palco principal da Virada        Sustentável, que no sábado (26) recebe os shows da banda Reggae        Litlle Lions e do bloco Bangalafumenga, além de Marcelo Jeneci        &amp;amp; Tulipa Ruiz, em uma apresentação conjunta, inesquecível do        show &quot;Dia a Dia, Lado a Lado&quot;. Já no domingo, a Banda Mirim e        Bloquinho da Alegria esquentam o palco para o show de encerramento        da Virada Sustentável, que ficará por conta de Arnaldo Antunes com        &quot;A Casa é Sua&quot; - um show intimista, acompanhado por dois músicos,        Chico Salem (violão e guitarra) e André Lima (teclados, violão e        sanfona). O repertório passeia por músicas de toda sua carreira e        inclui algumas canções de seus trabalhos mais recentes, explorando        com liberdade uma nova sonoridade e revelando as canções de outro        modo, evidenciando mais as letras.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Tendas Zen e Multicultural&lt;br&gt;        Um dos espaços de programação Zen da Virada pode ser encontrado na        Tenda Zen, instalada no Ibirapuera, com meditação e atividades        como Experiência de Paisagismo Interno, Dança dos Elementos,        Energização Coletiva e Aula de Evolução Plena, que mescla        diferentes técnicas de autoconhecimento, no sábado e no domingo.        Já a Tenda Multicultural oferece atrações muito especiais, como a        aula de Yoga Para Crianças, no sábado, e a Vivência de Shantala,        no domingo.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Mostra Ecofalante no Auditório do Ibirapuera&lt;br&gt;        No sábado (26), o Auditório do Ibirapuera abre suas portas para a        Mostra Ecofalante na Virada Sustentável, com a exibição dos filmes        &quot;Não Respire – Contém Amianto&quot; (Brasil, 2017, 70 min), de André        Campos, Carlos Juliano Barros e Caue Angeli, premiado na        Competição Latina da 6ª Mostra Ecofalante 2017, por voto do        público e &quot;Frágil Equilíbrio&quot; (Espanha, 2016, 81 min), de        Guillermo García López, vencedor do Prêmio Goya 2017 para melhor        documentário espanhol. A exibição será seguida por uma roda de        bate-papo com a participação do professor, arquiteto e urbanista        Nabil Bonduki, o jornalista Denis Russo Burgieman e Denise Chaer,        idealizadora e diretora geral da plataforma Novos Urbanos, com        mediação do jornalista André Palhano, idealizador da Virada.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A Mostra Ecofalante na Virada Sustentável também tem programação        na UMAPAZ – Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de        Paz, localizada dentro do Parque Ibirapuera. Na sexta-feira (25),        a UMAPAZ promove o V Seminário Educação Ambiental semeando a        Cidade Educadora, que oferecerá um espaço de questionamento e        troca sobre a Agenda 2030 no contexto da cidade. A UMAPAZ recebe        ainda atividades de mindfulness e uma série de oficinas sensoriais        práticas e artísticas de empreendedores e estudiosos da Fluxonomia        4D, criada pela futurista Lala Deheinzelin.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Outro destaque na programação da Virada na UMAPAZ é a Aventura        Ambiental, uma maneira diferente de sensibilizar grupos para os        desafios socioambientais do nosso cotidiano, com um percurso pelo        parque no qual a história do Brasil é abordada por meio das        árvores e das relações entre a fauna, a flora e a sociedade.        Dentro da Virada será possível fazer ainda um Banho de        Parque,atividade baseada em uma técnica japonesa e que alia        conceitos da Ecologia Profunda - como a ideia de que o meio        ambiente está dentro de nós e tudo que fizermos a ele nos afeta        direta ou indiretamente.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Abertura oficial no Unibes Cultural&lt;br&gt;        Na quinta-feira (24), a partir das 9h30, a abertura da 7ª edição        da Virada Sustentável será marcada pelo Painel de Debates sobre os        Desafios para o Desenvolvimento Sustentável com representantes do        PNUD-Brasil, setor público, setor privado e academia, seguido de        uma palestra de Gustavo Tanaka e um painel de Igualdade de Gênero.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Na sexta-feira (25), um dos destaques da programação na Unibes        fica por conta da meditação no escuro, com os Trovadores Urbanos e        participação especial de Monja Coen, precedido do show do        Boleirinho.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Já no sábado (26), a Mostra Ecofalante na Virada Sustentável ocupa        o Auditório do Unibes e apresenta mais um recorte de sua        programação, desta vez com &quot;Caminho dos Gigantes&quot; (Brasil, 2016,        12&#39;) de Alois Di Leo,&quot;Doce Mentira&quot; (Canadá, 2015, 91&#39;), de        Michèle Hozer e &quot;Cheirando Mal&quot; (EUA, 2015, 91&#39;), de Jon J.        Whelan. Haverá ainda uma série de palestras e atividades em torno        do Fashion Revolution Day, como aRoda de conversa: Igualdade,        Trabalho, Mulher e Moda.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        ContAí&lt;br&gt;        Na quinta e na sexta-feira (24 e 25), o Auditório do Unibes será        palco de mais uma edição do Contaí, uma série de rodas de conversa        com personalidades que se propõem a discutir a cidade e        iniciativas disruptivas que ajudam a torná-la melhor. Na quinta, a        partir das 19h, o auditório recebe ainda a entrega do Prêmio        Desafio 2030 e do Prêmio Abraps / Virada Sustentável. Na noite de        sexta, é a vez da palestra &quot;A Permacultura Aplicada no        Planejamento Urbano&quot;, seguida do Cidades Sustentáveis, com        apresentação de experiências de Sustainable Living na Holanda e        Alemanha.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Empreendedorismo social e Jazz ao Pôr do Sol&lt;br&gt;        Promovido pelo Civi-Co, Virada Sustentável e Movimento 90°, no dia        26 de agosto, o Vire Sua Cidade vai realizar um grande encontro        entre empreendedores civico-sociais de São Paulo e pessoas        interessadas no tema para inspirar e reforçar as conexões entre        esses agentes de transformação na cidade. Na programação,        apresentações, palestras, exibição de filme e o já tradicional        Jazz ao Pôr do Sol, liderado pelo DJ Tahira, que traz um clima de        jam session à Virada.,&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Unidades SESC-SP&lt;br&gt;        Um importante foco de atrações nesta edição, a rede SESC-SP vai        oferecer atividades especiais dentro da programação da Virada        Sustentável. Entre os dias 24 e 27 de agosto, as unidades de        Itaquera, Interlagos, Pinheiros, Vila Mariana e 24 de maio        integrarão suas programações à Virada, com vivências ambientais,        bicicletadas, passeios guiados e de observação pela natureza,        caças a tesouros e oficinas. No SESC Pinheiros, a exposição RIOS        DES.COBERTOS abre suas portas ao público, enquanto o        recém-inaugurado SESC 24 de maio oferece observatório da paisagem        deslumbrante do centro da cidade, entre outras atrações.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Ocupação Literária&lt;br&gt;        Com realização do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da        Cultura e patrocínio da Kimberly Clark, a Ocupação Literária        levará uma série de atrações vai ocupar pontos importantes da        cidade, como o Parque Ibirapuera, Parque Trianon, Parque Mário        Covas, Avenida Paulista e praças nos bairros de São Miguel        Paulista e Vila Leopoldina. Serão 20 intervenções urbanas que        promovem a leitura através de atividades como salas de leitura em        espaços públicos ou de livre acesso, troca de livros e saraus com        participação de jovens autores brasileiros.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Programação Zen nos parque parques Mario Covas e Trianon&lt;br&gt;        No domingo (27), o Parque Mário Covas recebe uma programação zen        especial, como uma aula de O-DGI Open, uma prática marcial        realizada por meio de posturas de empoderamento, movimentos e        músicas pré-selecionadas. Outro destaque fica por conta da        apresentação de Yoga e música clássica indiana com Bruna Dias e        Fábio Kidesh, além do show da cantora e compositora Nicole Salmi e        da DJ Lara Luzuah, criadora do Festival Ilumina na Chapada dos        Veadeiros. Ainda na programação, no Dhyana Jazz os músicos se        colocam numa posição de meditadores - através da improvisação, os        artistas se conectam aos ouvintes para formar uma só corrente de        não-pensamento, onde o som flui e trás a integração de todos que        estão no ambiente. O movimento Awaken Love de despertar da        consciência também estará presente com Roda de Mantras e a        atividade 1 Minuto de Silêncio.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Também no domingo, o Parque Trianon oferece diversas atividades        dentro da Virada, como caminhada fotográfica, prática de tai chi e        shows das bandas Teko Porã e Mandalá - esta última formada por        músicos jovens como Carla Casarim (voz), Cadu Ribeiro (pandeiro e        voz), Samuel Silva (violão de 7 cordas e voz), Gregory Andreas        (cavaquinho e voz), Dudu Contreras (surdo), Allan Abadia        (trombone) e Pedro Pita (percussão), que vão apresentar o melhor        do samba e da música brasileira.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Festa Wake acorda os paulistanos&lt;br&gt;        A primeira atração da Virada Sustentável neste ano será uma festa        que deve começar a partir das 7h15 da manhã, na quinta-feira (24),        no festival VireSuaEmpresa, que ocorre no espaço Brain da rua        Groenlândia. A Festa Wake reinventa a lógica urbana e traz DJs,        performances, yoga e gastronomia saudável para quem quer acordar        cedo. Na quinta e na sexta-feira, o espaço ainda oferece        degustação de Massagem com Terapeutas Deficientes Visuais,        palestras, atividade como Workmeditation Experience, com        mindfulness e dicas de neurociência aplicada ao trabalho e outras        atividades. No fim de semana a programação muda para o espaço        Brain de Pinheiros.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Programação Infantil&lt;br&gt;        De quinta a domingo, além dos shows e atividades para crianças no        Parque Ibirapuera, uma extensa programação infantil poderá ser        encontrada também na Biblioteca São Paulo e na Biblioteca Villa        Lobos, com contação de histórias, clube de leitura, oficinas,        exibição de filmes, rodas de bate papo e até um luau. Já o Colégio        Miguel de Cervantes abre suas portas para uma série de oficinas e        apresentações, na manhã de sábado (26).&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Recuperação de praça e rua na Vila Leopoldina&lt;br&gt;        Entre os dias 24 e 27 de agosto, o bairro da Vila Leopoldina,        localizado na zona Oeste de São Paulo, vai receber o Circuito        Integrado Pela Sustentabilidade, com uma série de ações que        envolvem escolas e moradores da região como cinema ao ar livre,        mutirão para recuperação de praças e ruas, oficinas, palestras e        coleta de resíduos têxteis, entre outras atividades.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Economia Circular&lt;br&gt;        Neste ano, a Virada Sustentável leva conteúdo a importantes        instituições de ensino. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) vai sediar        o 2º Seminário de Economia Circular, oferecido pela Novelis, que        tem como objetivo inspirar o mercado brasileiro e destacar cases        de sucesso sucesso que envolvam a visão de vários elos da cadeia        da reciclagem, mostrando a sua funcionalidade e visão de        negócio.Para esta edição, o seminário tem como convidado o        mexicano Rodrigo Bautista, consultor sênior do Forum for the        Future. A programação segue com uma rodada ainda na USP, na        Faculdade de Economia Aplicada da Universidade de São Paulo        (FEA-USP), com a oficina Design for Demand.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        No Instituto de Economia Aplicada da USP, uma série de mesas terá        temas como &quot;Sustentabilidade, Complexidade e Políticas Públicas&quot;,        e &quot;Mudanças Climáticas e Cidades&quot; na quinta, 24, e &quot;Mobilidade        Urbana&quot; e &quot;&quot;Desigualdade e Violência Urbana&quot; na sexta, 25.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Na Escola da Advocacia Geral da União, na avenida Paulista, o        evento Licitações Sustentáveis vai promover painéis que discutem        temas como &quot;A identificação da função do produto/serviço e o        pensamento do ciclo de vida nas contratações públicas&quot; e &quot;Mudanças        comportamentais no serviço público pela sustentabilidade&quot;.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Orgânicos / Agroecologia&lt;br&gt;        O Centro Cultural São Paulo vai receber o 4º Festival de        Agricultura Urbana, com microcursos e oficinas, debates, exposição        e mutirão para plantio de mudas e troca de sementes na Horta do        CCSP. O local abriga ainda uma feira gastronômica com comidas        naturais, quitutes veganos e com receitas de refugiados que moram        em São Paulo, além da Feira da Agricultura Paulistana, somente com        hortaliças produzidas pelos agricultores urbanos de São Paulo.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Durante a programação da Virada, a Livraria da Vila recebe a        Feirinha Positiv.a, feira de produtos orgânicos e ecológicos cujo        objetivo é mostrar ao público diversas soluções sustentáveis        presentes no mercado. O evento traz produtos feitos visando gerar        menor impacto no meio ambiente e na vida das pessoas, como as        composteiras para colocar lixos e cisternas para captação e        armazenamento de água da chuva, além de produtos de limpeza        consciente, snacks saudáveis e embalagens biodegradáveis.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Outro destaque é o Circuito Agroecologia e Alimentação        Sustentável, com palestra e oficina, promovido pelo Projeto        SustentABC, que tem como principal objetivo sensibilizar a        população quanto o consumo consciente a redução na geração de        resíduos sólidos. O projeto oferece informações sobre modelos        agroecológicos, impactos ambientais da agricultura tradicional,        além de uma oficina de uso integral dos alimentos e exemplificação        de como montar um minhocário para reciclar os restos de alimentos.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        No sábado (26), a Horta FMUSP, localizada na Faculdade de Medicina        da USP, na avenida Dr. Arnaldo fica aberta para uma visita guiada        com oficinas sobre as chamadas Plantas Alimentícias Não        Convencionais (PANCS) e degustação de pratos preparados com elas.        Já no domingo (27), o espaço Brahma Kumaris oferece a oficina        &quot;Desperdício de alimentos, um reflexo de insustentabilidade        interior&quot;, que tem como objetivo criar um espaço de reflexão que        motive não apenas o uso integral dos alimentos, mas que desperte o        entendimento de que toda ação de mau uso dos recursos naturais        acontece antes em nosso espaço interior devido à ausência de foco        em valores como cooperação, empatia e cuidado.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Parceiros&lt;br&gt;        A Virada Sustentável – São Paulo 2017 é viabilizada pelo PROAC e        apresentada pela Braskem. Com patrocínio da Novelis e Duratex e        apoio das empresas Kimberly-Clark, PepsiCo, ThyssenKrupp e da        Fundação Toyota, conta ainda com a colaboração dos parceiros:        Instituto Alana, Unibes Cultural, SESC-SP, Menta Propaganda e        UMAPAZ. A promoção é feita por Catraca Livre, Estadão, Editora        Abril e Ótima Causa. Leve-me é o aplicativo oficial da Virada,        cujo transporte oficial é feito pelo Cabify. A realização do        festival é do Instituto Virada Sustentável, em parceria com a        Secretaria Estadual de Cultura, e correalização da Secretaria        Municipal do Verde e Meio Ambiente.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A Virada Sustentável é o maior festival de mobilização e educação        para a sustentabilidade do Brasil, e envolve cocriação,        articulação e participação direta de organizações da sociedade        civil, órgãos públicos, escolas e universidades, empresas,        coletivos e movimentos sociais. Teve sua primeira edição realizada        em 2011, em São Paulo, e desde então vem ampliando seu escopo de        atuação, promovendo edições em cidades como Sinop, Manaus,        Salvador, Porto Alegre e Rio de Janeiro. Em agosto de 2016, a 6ª        edição da Virada Sustentável na capital paulista reuniu cerca de        1,2 milhão de pessoas em mais de 800 atividades e atrações        gratuitas espalhadas por mais de 130 lugares da cidade.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        7ª Virada Sustentável São Paulo&lt;br&gt;        De 24 a 27 de agosto&lt;br&gt;        Parque Ibirapuera + Unibes Cultural + Dezenas de locais na cidade&lt;br&gt;        Gratuito&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;http://www.viradasustentavel.org.br&quot;&gt;www.viradasustentavel.org.br&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;http://www.facebook.com/viradasustentavel&quot;&gt;www.facebook.com/viradasustentavel&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;http://www.instagram.com/viradasustentávelsp&quot;&gt;www.instagram.com/viradasustentávelsp&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;http://www.twitter.com/virasustentavel&quot;&gt;www.twitter.com/virasustentavel&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;http://www.youtube.com/ViradaSustentavel&quot;&gt;www.youtube.com/ViradaSustentavel&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;a class=&quot;moz-txt-link-freetext&quot; href=&quot;https://www.flickr.com/photos/viresuacidade&quot;&gt;https://www.flickr.com/photos/viresuacidade&lt;/a&gt;&lt;br&gt;  &lt;a class=&quot;moz-txt-link-freetext&quot; href=&quot;http://www.segs.com.br/eventos/78134-virada-sustentavel-lanca-programacao-da-edicao-sp-2017.html&quot;&gt;http://www.segs.com.br/eventos/78134-virada-sustentavel-lanca-programacao-da-edicao-sp-2017.html&lt;/a&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;      &lt;p align=&quot;justify&quot;&gt; &lt;br&gt;        &lt;font color=&quot;#3366ff&quot;&gt;Flavia Loureiro   Núcleo dos Amigos do          Brooklin&lt;br&gt;          &quot;INFORMAÇÃO&quot; Direito e Dever de [email protected] Art.5ºXIV,CRFB/Cap.40          Agenda 21&lt;br&gt;          &lt;br&gt;          &quot;Informação causa mudanças.&quot; Flavia Loureiro&lt;br&gt;          &quot;Aprender a fazer uso do que não se tem&quot; Flavia Loureiro&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;/p&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/8542940854519475733/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/evento-sera-realizado-entre-os-dias-24.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/8542940854519475733'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/8542940854519475733'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/evento-sera-realizado-entre-os-dias-24.html' title='Evento será realizado entre os dias 24 e 27 de agosto, com centenas de atrações gratuitas na capital paulista.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-7288420513129342241</id><published>2017-08-16T15:54:00.001-07:00</published><updated>2017-08-16T15:54:51.615-07:00</updated><title type='text'>Currículo da rede municipal de SP em 2018 incluirá desenvolvimento sustentável.</title><content type='html'>&lt;img moz-do-not-send=&quot;true&quot;  src=&quot;http://agenciabrasil.ebc.com.br/sites/_agenciabrasil2013/files/styles/interna_pequena/public/escola.jpg&quot;        alt=&quot;&quot; height=&quot;560&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;&lt;br&gt;      &lt;div align=&quot;justify&quot;&gt;&lt;font size=&quot;-2&quot;&gt;&lt;i&gt;Desenvolvimento sustentável            será incluido no currículo das escolas de ensino fundamental            da rede municipal de São PauloTânia Rêgo/Arquivo/Agência            Brasil&lt;/i&gt;&lt;/font&gt;&lt;br&gt;      &lt;/div&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;div align=&quot;justify&quot;&gt;As escolas de ensino fundamental da rede        municipal de São Paulo incluirão o tema desenvolvimento        sustentável no currículo a partir de 2018. De acordo com a        Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a        Cultura (Unesco), parceira da Secretaria Municipal de Educação        neste projeto, a cidade é pioneira ao contemplar esta questão com        o objetivo de aprendizagem. O material produzido para as aulas –        como vídeos e publicações para os professores – foi apresentado        hoje (15) em evento na capital paulista.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &quot;O currículo serve para a gente pensar que tipo de sociedade        queremos para frente, que tipo de cidadão a gente quer preparar,        para que ele possa intervir no mundo em que vive&quot;, explicou o        secretário de Educação, Alexandre Schneider. A educação faz parte        dos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS), um        conjunto de 17 metas assumidas por 193 estados-membros da        Organização das Nações Unidas (ONU) a serem cumpridas até 2030. &quot;É        um compromisso que o Brasil assumiu e é um bom guia para esse        processo de formação&quot;.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Para Felipe Felisbino, coordenador de Educação Ambiental e Temas        Transversais da Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), a        inclusão é um avanço, tendo em vista que os parâmetros        curriculares mais antigos apenas sugeriam a abordagem desses        temas. &quot;Os ODSs estarão nos objetivos de aprendizagem de cada área        de conhecimento. São Paulo dá muitos passos adiante na concepção        de um novo currículo, tratando com muita seriedade temáticas        sociais e, dentre elas, a principal: sustentabilidade, que        perpassa pelo direito humano, pelo consumo sustentável&quot;, disse.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;b&gt;Filmes produzidos pela Unesco&lt;/b&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A série em vídeo produzida para crianças entre 7 e 11 anos        contempla oito dos 17 ODS, entre eles Fome Zero e Saúde        Sustentável, Saúde e Bem-estar, Educação de Qualidade e Água        Potável e Saneamento. &lt;a moz-do-not-send=&quot;true&quot;  href=&quot;https://www.youtube.com/playlist?list=PLuaYSS3ezmQAuqmz2En-BlEqb5bX2fUvM&quot;&gt;Os          filmes têm duração&lt;/a&gt; de até dois minutos e meio e foram        produzidos pela Unesco no Brasil em parceria com o Ministério do        Meio Ambiente e o Ministério da Educação.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        A representante interina da Unesco no Brasil, Marlova        Jovchelovitch Noleto, que é também diretora da área programática        da entidade, destaca que a posição de São Paulo é um exemplo para        outros municípios. &quot;Nós percebemos que só existe uma maneira de        contribuir para a transformação do mundo e é sempre pela ação. As        ideias comovem, mas exemplos arrastam. São eles que efetivamente        transformam. Nós nos encarregaremos de ajudar a difundir esse        exemplo&quot;, disse.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        De acordo com Schneider, a comunidade escolar discute agora as        mudanças no currículo, mas o tema desenvolvimento sustentável,        como é um objetivo de aprendizagem, estará mantido na proposta. A        medida envolverá cerca de 450 mil alunos do ensino fundamental.&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;iframe  src=&quot;https://www.youtube.com/embed/videoseries?list=PLuaYSS3ezmQAuqmz2En-BlEqb5bX2fUvM&quot;          allowfullscreen=&quot;&quot; frameborder=&quot;0&quot; height=&quot;415&quot; width=&quot;98%&quot;&gt;&lt;/iframe&gt;&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;&lt;i&gt;Edição: Fábio Massalli&lt;/i&gt;&lt;i&gt;&lt;br&gt;          &lt;/i&gt;&lt;i&gt;Camila Maciel – Repórter da Agência Brasil&lt;/i&gt;&lt;/font&gt;&lt;/div&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/7288420513129342241/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/curriculo-da-rede-municipal-de-sp-em.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/7288420513129342241'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/7288420513129342241'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/curriculo-da-rede-municipal-de-sp-em.html' title='Currículo da rede municipal de SP em 2018 incluirá desenvolvimento sustentável.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><media:thumbnail xmlns:media="http://search.yahoo.com/mrss/" url="https://img.youtube.com/vi/videoseries/default.jpg" height="72" width="72"/><thr:total>0</thr:total></entry><entry><id>tag:blogger.com,1999:blog-7847398081647459261.post-198355956301687947</id><published>2017-08-15T00:19:00.001-07:00</published><updated>2017-08-15T00:19:06.081-07:00</updated><title type='text'>CONFERÊNCIA ZONAL ! ZONA LESTE.</title><content type='html'>&lt;p class=&quot;MsoNormal&quot;&gt;&lt;span&gt;&lt;a href=&quot;http://4.bp.blogspot.com/-rcBEqexbuoo/WZKgbH3bboI/AAAAAAAAyo4/U0N34yV6q_cojysBJ0OidLMg35T7d8tpgCK4BGAYYCw/s1600/image004-746082.jpg&quot;&gt;&lt;img src=&quot;http://4.bp.blogspot.com/-rcBEqexbuoo/WZKgbH3bboI/AAAAAAAAyo4/U0N34yV6q_cojysBJ0OidLMg35T7d8tpgCK4BGAYYCw/s320/image004-746082.jpg&quot;  border=&quot;0&quot; alt=&quot;&quot; id=&quot;BLOGGER_PHOTO_ID_6454397603803786882&quot; /&gt;&lt;/a&gt;&lt;/span&gt;&lt;/p&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;div align=&quot;justify&quot;&gt;A Secretaria Especial de Relações        Governamentais e as Prefeituras Regionais da Zona Leste, convida        toda Sociedade para a nossa primeira Conferência Zonal .&lt;br&gt;        &lt;br&gt;        &lt;br&gt;        Participem, mostre a sua e força e fortaleça o seu território.&lt;br&gt;      &lt;/div&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      CELSO HENRIQUES&lt;br&gt;      &lt;br&gt;      Coordenador Geral&lt;br&gt;      &lt;br&gt;      Secretaria Especial de Relações Governamentais- SERG&lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;a class=&quot;moz-txt-link-abbreviated&quot; href=&quot;mailto:[email protected]&quot;&gt;[email protected]&lt;/a&gt;&lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;br&gt;      &lt;i&gt;&lt;font color=&quot;#3333ff&quot;&gt;Enviado por: &quot;Celso Henriques&quot; &lt;/font&gt;&lt;/i&gt;    </content><link rel='replies' type='application/atom+xml' href='http://ongcriativa.blogspot.com/feeds/198355956301687947/comments/default' title='Postar comentários'/><link rel='replies' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/conferencia-zonal-zona-leste.html#comment-form' title='0 Comentários'/><link rel='edit' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/198355956301687947'/><link rel='self' type='application/atom+xml' href='http://www.blogger.com/feeds/7847398081647459261/posts/default/198355956301687947'/><link rel='alternate' type='text/html' href='http://ongcriativa.blogspot.com/2017/08/conferencia-zonal-zona-leste.html' title='CONFERÊNCIA ZONAL ! ZONA LESTE.'/><author><name>Eduardo Soares</name><uri>https://plus.google.com/110381355218970754809</uri><email>[email protected]</email><gd:image rel='http://schemas.google.com/g/2005#thumbnail' width='32' height='32' src='//lh4.googleusercontent.com/-wtaBuDR-gNQ/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAWA/lP5DIM-5ebQ/s512-c/photo.jpg'/></author><media:thumbnail xmlns:media="http://search.yahoo.com/mrss/" url="http://4.bp.blogspot.com/-rcBEqexbuoo/WZKgbH3bboI/AAAAAAAAyo4/U0N34yV6q_cojysBJ0OidLMg35T7d8tpgCK4BGAYYCw/s72-c/image004-746082.jpg" height="72" width="72"/><thr:total>0</thr:total></entry></feed>

If you would like to create a banner that links to this page (i.e. this validation result), do the following:

  1. Download the "valid Atom 1.0" banner.

  2. Upload the image to your own server. (This step is important. Please do not link directly to the image on this server.)

  3. Add this HTML to your page (change the image src attribute if necessary):

If you would like to create a text link instead, here is the URL you can use:

http://www.feedvalidator.org/check.cgi?url=http%3A//ongcriativa.blogspot.com/feeds/posts/default

Copyright © 2002-9 Sam Ruby, Mark Pilgrim, Joseph Walton, and Phil Ringnalda